Porto de Guangzhou, Midea, CULines constroem cadeia de suprimentos

O Grupo do Porto de Guangzhou assinou nesta terça-feira um memorando estratégico de cooperação com a Midea International Logistics e a China United Lines (CULines), informou Shanghai Securities News no mesmo dia.

Foto aérea tirada em 17 de julho de 2021 mostra a vista do Porto de Guangzhou, Província de Guangdong, sul da China. (Xinhua/Geng Xinning)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 26 jan (Xinhua) — O Grupo do Porto de Guangzhou assinou nesta terça-feira um memorando estratégico de cooperação com a Midea International Logistics e a China United Lines (CULines), informou Shanghai Securities News no mesmo dia.

Espera-se que as três partes aproveitem os recursos vantajosos uma das outras, para realizar uma cooperação profunda em toda a cadeia incluindo portos, logísticas e empresas manufatureiras, na tentativa de forjar conjuntamente uma cadeia de suprimentos global eficiente, conveniente e acessível.

Segundo o acordo assinado, a cooperação entre as três partes será suportada pelo serviço de logística integrada do Porto de Guangzhou, pelo fornecimento de importação e exportação de bens da Midea e pela capacidade de transporte da CULines.

Por meio da promoção de serviços de exportação livres para empresas de comércio exterior na região da Delta do Rio das Pérolas e da operação estável das cadeias industriais globais, as empresas se empenham para contribuir mais para o desenvolvimento do comércio exterior e fortalecer o controle independente das cadeias de suprimentos do país.

O Porto de Guangzhou está atualmente acelerando os seus esforços na transição para um centro de logística abrangente a nível nacional, por meio da melhoria das suas funções de serviço portuário e da expansão da rede de transporte multimodal. Buscando integrar efetivamente os mercados interno e externo e os recursos via logística portuária, o Porto de Guangzhou se dedica na construção de um sistema moderno de transportação integrada, visando promover o desenvolvimento econômico e industrial da região, como também a recuperação do comércio global. Fim

Leia também:

Nova rota de trem China-Europa liga Suzhou a Milão

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou na sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,48 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

Representante chinês pede coordenação e estabilidade sobre alimentação

Um representante chinês pediu na quinta-feira para que a comunidade internacional trabalhe em conjunto, no objetivo de estabilizar o mercado global de alimentos, garantir suprimentos diversos de alimentos e facilitar globalmente o comércio agrícola.

Envios de celulares na China alcançam 69,35 milhões de unidades no Q1

As remessas de telefones celulares da China tiveram uma queda anual de 29,2%, chegando cerca de 69,35 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, de acordo com um relatório da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicações (CAICT, sigla em inglês).

Últimas Notícias

Alta do preço do aço puxa queda no setor de construção

Redução da Tarifa de Importação do Vergalhão do Aço causou discussão no setor.

Três perguntas: NFTs de coleção

Por Jorge Priori.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Rio, petróleo e prosperidade

Por Ranulfo Vidigal.