Porto de Guangzhou vê recorde de exportações de veículos em Q1

O Grupo do Porto de Guangzhou anunciou nesta quinta-feira que exportou 36.000 veículos comerciais no primeiro trimestre de 2022, um aumento anual de 71,4%, atingindo um recorde para o mesmo período da história, informou Chinanews.com.

Foto mostra a vista do Porto de Guangzhou, Província de Guangzhou, sul da China. (Xinhua)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 8 abr (Xinhua) — O Grupo do Porto de Guangzhou anunciou nesta quinta-feira que exportou 36.000 veículos comerciais no primeiro trimestre de 2022, um aumento anual de 71,4%, atingindo um recorde para o mesmo período da história, informou Chinanews.com.

Enfrentando os desafios causados ​​pela epidemia de COVID-19 e as dificuldades de fornecimento de peças de reposição, o Porto de Guangzhou alcançou mesmo assim um aumento anual de 9,3% no volume de veículos comerciais carregados e descarregados.

Em fevereiro, o primeiro lote de carros Volvo foi importado no Porto de Xinsha de Guangzhou, marcando o número superior a 20 das marcas de veículos comerciais importados via Xinsha.

Além disso, com o mecanismo eficiente de serviço de desembaraço aduaneiro e as políticas de apoio do governo em Nansha, o Porto de Guangzhou atraiu muitas empresas de navegação a abrirem seis rotas adicionais, cobrindo Oriente Médio, Europa, América do Sul, Sudeste Asiático e outras regiões. Mais de dez marcas de automóveis, como a Geely, se globalizaram a partir do Porto de Automóveis de Nansha de Guangzhou. Fim

Leia também:

Montadora chinesa BYD cessa a produção de veículos a gasolina

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou na sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,48 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

Representante chinês pede coordenação e estabilidade sobre alimentação

Um representante chinês pediu na quinta-feira para que a comunidade internacional trabalhe em conjunto, no objetivo de estabilizar o mercado global de alimentos, garantir suprimentos diversos de alimentos e facilitar globalmente o comércio agrícola.

Envios de celulares na China alcançam 69,35 milhões de unidades no Q1

As remessas de telefones celulares da China tiveram uma queda anual de 29,2%, chegando cerca de 69,35 milhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, de acordo com um relatório da Academia Chinesa de Tecnologia da Informação e Comunicações (CAICT, sigla em inglês).

Últimas Notícias

Três perguntas: NFTs de coleção

Por Jorge Priori.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Rio, petróleo e prosperidade

Por Ranulfo Vidigal.

Baixas temperaturas e geadas trazem prejuízos a agricultores

Balança comercial do agro, entretanto, apresentou superávit de US$ 43,7 bilhões no acumulado do ano, de janeiro a abril.