Portugal cria legislação home office

Nada de e-mails ou mensagens pelo Zap fora do horário de trabalho.

Portugal acaba de regulamentar o trabalho em casa, proibindo que chefes enviem mensagens de texto e e-mails a seus colaboradores fora do horário de expediente. A lei denominada “direito ao descanso” prevê também que profissionais com filhos de até 8 anos tenham o direito de trabalhar de forma remota.

 

Novo decano

O cônsul-geral da Bélgica, no Rio de Janeiro, o embaixador Daniel Dargent, que ocupa seu último posto no exterior antes da aposentadoria, é o novo decano do Corpo Consular. Substitui o francês Jean Paul Guihaume, que retornou a Paris.

 

Telemedicina é uma realidade

Pesquisa feita com 5.697 médicos pelo Conselho Federal de Medicina revela, que em tempos de Covid, dois a cada três médicos no Brasil consideram a telemedicina um método eficaz, e 90% pretendem manter a prática após o fim da pandemia.

 

Novo livro de Margareth Dalcolmo

Uma das maiores especialistas no mundo do tratamento da Covid, a médica e pesquisadora Margareth Pretti Dalcolmo lança dia 8 de dezembro, na Travessa Leblon, Um tempo para não esquecer. Versa sobre a visão da ciência no enfrentamento da pandemia e o futuro da saúde.

 

Acredite se quiser

Segundo o vereador Paulo Pinheiro, da Câmara Municipal do RJ, um em cada três leitos dos hospitais federais de alta complexidade no estado está desativado por falta de profissionais, equipamentos e manutenção.

 

Escolha indevida

Normalmente feito por edital, a participação de policiais federais no curso de cooperação internacional em matéria de trânsito e segurança viária, na Espanha levou, pela primeira vez sete policiais escolhidos por sua proximidade com o Governo Federal e quase todos ocupando cargos em comissão.

 

Rolé dos favelados

O guia de turismo e pastor Cosme Felippsen promove interessantes visitas ao Morro da Providência, com a possibilidade de debater questões raciais, sociais e econômicas da favela. Maiores informações e reservas: (21) 98123-4167.

 

Frase da semana

“Em alguns momentos é preciso simplesmente não pensar. Só sentir. A sensação do silêncio de duas pessoas é uma conversa mútua, que traz um sentimento de relaxamento, de descanso da alma, do falso moralismo e pseudoconhecimento de verdades. Aprendemos a desfrutar de um momento inesquecível com desconexão total. Vivemos a plenitude da vida em movimento, do renascimento intempestivo, mas que mostra algo inusitado, que pode ser vivido.”

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

O leilão beneficente da Jaguar Parade

Fundos se destinam à conservação de onças-pintadas em seus habitats.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Capes evacuada pelo governo

Falta de apoio e de respaldo por parte da direção, pouco empenho para a retomada da avaliação quadrienal e inconsistência de prioridades.

Últimas Notícias

O leilão beneficente da Jaguar Parade

Fundos se destinam à conservação de onças-pintadas em seus habitats.

Venda de imóveis novos em SP mantém estabilidade em outubro

Em valores monetários, houve queda do Valor Global de Vendas em relação a outubro de 2020.

Nova energia, fabricação de equipamentos de tecnologia e PMEs em 2022

O mercado de ações A-Share da China parece positivo para o próximo ano. Novas energias, fabricação de equipamentos de alta tecnologia e pequenas e médias empresas (PMEs) são áreas com grande potencial de investimento, de acordo com uma pesquisa recente realizada com 109 especialistas de indústrias na gestão de ativos.

Mais de 100 milhões de macarrão “fedorento” chinês entregues em 2021

A Região Autônoma de Guangxi da Etnia Zhuang, no sul da China, entregou este ano mais de 100 milhões de pacotes de sua especialidade de macarrão de arroz, conhecida como "Luosifen" em chinês.

Escala da indústria de big data chinesa excederá 3 trilhões em 2025

A escala da indústria de big data da China tem a previsão de superar 3 trilhões de yuan pelo final do ano 2025, de acordo com o plano de desenvolvimento para a indústria de big data, durante o período do 14º Plano Quinquenal divulgado pelo Ministério da Indústria e Informatização (MIIT, sigla em inglês) nesta terça-feira.