Poupança acumula rendimento de apenas 1,6% em 12 meses

1553
Poupança, cofre porquinho (Foto: Marcello Casal, Jr./ ABr)
Poupança, cofre porquinho (Foto: Marcello Casal, Jr./ ABr)

A poupança registrou em junho o melhor desempenho do ano. Os brasileiros depositaram R$ 7,09 bilhões a mais do que sacaram, informou o Banco Central (BC). Apesar do desempenho positivo, a captação é muito inferior à registrada em junho do ano passado. Naquele mês, os brasileiros tinham depositado R$ 20,53 bilhões a mais do que tinham retirado da poupança.

O desempenho do mês passado não foi suficiente para inverter o sinal da poupança no semestre, em que acumula retirada líquida de R$ 16,53 bilhões. Essa é a maior retirada acumulada para os primeiros seis meses desde 2016, quando os saques tinham superado os depósitos em R$ 42,61 bilhões.

O principal responsável pelo resultado positivo na poupança foi a retomada do pagamento do auxílio emergencial. A Caixa Econômica Federal depositou o dinheiro em contas poupança digitais, que acumulam rendimentos. Nesta rodada, o benefício paga parcelas de R$ 150, R$ 250 e R$ 375 por mês, dependendo da família do beneficiário.

No ano passado, a poupança tinha captado R$ 166,31 bilhões em recursos, o maior valor anual da série histórica, informa a Agência Brasil. Além do depósito do auxílio emergencial nas contas poupança digitais ao longo de oito meses em 2020, a instabilidade no mercado de títulos públicos nas fases mais agudas da pandemia atraiu o interesse na poupança, mesmo com a aplicação rendendo menos que a inflação.

Espaço Publicitáriocnseg

Com rendimento de 70% da Taxa Selic (juros básicos da economia), a poupança rendeu apenas 1,6% nos 12 meses terminados em junho, segundo o Banco Central. No mesmo período, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado prévia da inflação, atingiu 8,13%. O IPCA cheio de junho será divulgado na próxima quinta-feira pelo IBGE.

Para este ano, o boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada pelo Banco Central, prevê inflação oficial de 6,07% pelo IPCA. Com a atual fórmula, a poupança renderia pouco menos de 2,975% este ano, caso a Selic permaneça em 4,25% durante todo o ano. O rendimento pode ser um pouco maior caso o Banco Central aumente a taxa Selic nas próximas reuniões do Comitê de Política Monetária.

Leia também:

Poupança tem maior retirada líquida em março em quatro anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui