Prati-Donaduzzi repassa R$ 230 mil de royalties do Canabidiol à USP

Recurso fomentará a produção de mais conhecimento.

Há pouco mais de um ano e meio o primeiro Canabidiol de produção nacional chegava às farmácias após mais de seis anos de uma parceria público-privada entre a Prati-Donaduzzi e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP). Hoje, a indústria farmacêutica repassa royalties da venda do produto à entidade pública.

Um percentual das comercializações retorna como investimento direto para a universidade. Desta vez a empresa repassou mais de R$ 230 mil para a USP, recurso que fomenta a produção de conhecimento. O diretor-presidente da Prati-Donaduzzi, Eder Fernando Maffissoni, revela que a pesquisa brasileira ganha forças quando envolve a sociedade. “A universidade e a empresa são grandes incentivadoras da inovação. Quando o trabalho conjunto possibilita avanços, todos são beneficiados”.

O gerente de Inovação e Pesquisa Clínica da farmacêutica, Liberato Junior, explica que o repasse dos royalties para a universidade está em consonância com o perfil inovador e corresponsável da empresa. “Nós sempre soubemos que através dessa parceria com a Universidade poderíamos chegar a ótimos resultados. São anos investindo em pesquisas altamente inovadoras e o retorno para ambas as partes significa que estamos no caminho certo e abre, com certeza, a perspectiva do desenvolvimento de novos produtos e mais possibilidades de tratamentos à população”, comenta.

Para a entidade pública, a parceria é fundamental.  “Um importante papel da Universidade é a transferência de conhecimento e inovação para a sociedade, por meio da interação com o setor produtivo. Neste sentido, a parceria entre a FMRP e a Prati-Donaduzzi pode ser considerada um dos maiores sucessos desde a criação da USP”, garante o professor José Alexandre Crippa, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Azul mantém Norte Fluminense e Gol vai montar hub na Bahia

Companhia aérea recebeu incentivos fiscais do governo baiano.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.