Precaução permanece nos mercados locais

Quarta-feira amanhece com forte agenda de eventos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O dia amanhece hoje com uma forte agenda de eventos. À medida em que o sinal negativo do exterior permeia o cenário internacional, - reflexo causado pelo aguardo de balanços de organizações, avanço da Covid-19 e pelo impasse fiscal norte-americano - verifica-se, no mercado doméstico, a possibilidade dos ativos nacionais passarem por ajustes após o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, transparecerem certos desassossegos no que se refere à dívida pública. Nesse sentido, Campos Neto se torna a autoridade mais preocupada com a questão fiscal, alertando e chamando a atenção para a questão em inúmeras verbalizações públicas. Não obstante, os investidores e os agentes econômicos monitoram a live com o diretor de Política Monetária do BC, Bruno Serra, conjuntamente com o volume de serviços de agosto. Em última análise, na esfera política, a permanência do marasmo no que diz respeito às reformas estruturantes se mantém como fator negativo enquanto que, em paralelo, a crise no Supremo Tribunal Federal é acompanhada de perto pelos investidores.

.

Pedro Molizani

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

www.travelexbank.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor