Preço do ouro interbancário de referência da China caiu na sexta-feira

Os preços de referência para transações interbancárias de ouro à vista na China caíram na sexta-feira, de acordo com o Sistema de Comércio de Câmbio Estrangeiro da China.

Foto tirada no Pavilhão de Joias da Primeira Feira Internacional de Bens de Consumo da China, no dia 7 de maio. (Xinhua /Zhou jiayi)

Xinhua - Silk Road

 

BEIJING, 3 de Dez (Xinhua) – Os preços de referência para transações interbancárias de ouro à vista na China caíram na sexta-feira, de acordo com o Sistema de Comércio de Câmbio Estrangeiro da China.

O preço de referência para o ouro de 99,95% de pureza ou superior ficou em 365,48 yuans (cerca de 57,34 dólares) por grama, uma queda de 1,37 yuans em relação ao pregão anterior, e o do ouro com 99,99% de pureza ou mais caiu 1,77 yuans para 365,55 yuans por grama.

Os preços das transações à vista no mercado de consulta de preços interbancários podem subir ou cair 15% em relação aos preços de referência em cada dia de negociação.

O negócio interbancário de consulta do preço do ouro foi lançado em 2012 para aumentar a liquidez do mercado e enriquecer os modelos de negociação. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis