Preços de fábrica da China sobem em novembro

Trabalhador monta um veículo no estágio final da linha de produção da produtora de caminhões FAW-Jiefang em Changchun, Província de Jinlin, nordeste da China. (Xinhua/Zhang Nan)

Xinhua - Silk Road

 

Beijing, 9 Dez (Xinhua) — Os preços de fábrica da China observaram uma expansão lenta em novembro, devido aos esforços em implementar políticas mediante garantia do fornecimento e da estabilização dos preços de energia e matérias primas, mostram dados oficiais nesta quinta-feira.

O índice de preço de produção (PPI, sigla em inglês), que mede o custo de bens de fábrica, subiu 12,9% anualmente em novembro, mostram os dados do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE ou NBS em inglês).

O número reduziu comparado ao aumento anual de 13,5% registrado em outubro.

Especificamente, o ritmo de crescimento dos preços de materiais de produção já estava em desaceleração mês passado, com a queda da taxa de crescimento anual em 0,9% em outubro, parando em 17%, disse estatístico sênior do NBS, Dong Lijuan.

Medidas adotadas por múltiplos departamentos com finalidade de conter os preços de carvão ajudaram a impulsionar a produção de carvão e o abastecimento de mercado a crescerem mais, disse Dong, acrescentando que, os preços de mineração de carvão e a indústria de lavagem inverteram a tendência com um declínio mensal de 4,9% em novembro.

Contra a queda de preços em alta do petróleo bruto e gás natural internacional, as indústrias domésticas de petróleo observaram preços crescentes com PPI do setor de exploração de petróleo em 7,1% comparado ao mês anterior, disse Dong, acrescentando que, dentre os 40 setores industriais da pesquisa, 37 reportaram crescimento anual dos preços.

Dados desta quinta-feira também mostram que o índice do preço de consumidor da China, o principal componente da inflação, aumentou 2,3% anualmente em novembro. Fim

Leia também:

Comércio estrangeiro da China aumenta 22% nos primeiros 11 meses

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis