Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, afirmou ao presidente Jair Bolsonaro que não vai continuar no cargo, segundo informações dos jornais Globo e Folha de S.Paulo, citando fontes do Planalto. Brandão já estava desgastado após Bolsonaro desautorizar um plano de fechamento de agências e demissões no banco.

Os nomes cotados para substituir Brandão são Paulo Henrique Costa, presidente do Banco de Brasília (BRB), Antônio Barreto, secretário-executivo do Ministério da Cidadania, e Gustavo Montezano, presidente do BNDES. O Centrão tem interesse no cargo, ou ao menos em algumas diretorias.

Em dia de queda generalizada na Bolsa de Valores, as ações do BB terminou a sexta-feira negociada a R$ 28,05, perda de 4,92% no dia. A Bolsa fechou em baixa de 1,98%. O dólar encerrou a semana cotado a R$ 5,606, alta de 1,66%.

Leia mais:

Três perguntas: Taurus e as alterações sobre armas e munições

Entre executivos, salário do presidente da Petrobras é fichinha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.