Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

Xinhua - Silk Road

 

Cairo, 3 jul (Xinhua) — O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

O presidente egípcio Abdel-Fattah al-Sisi fez o primeiro passeio no VLT em sua cerimônia de inauguração, que também contou com a presença do primeiro-ministro egípcio Mostafa Madbouly e do embaixador chinês no Egito, Liao Liqiang.

O presidente egípcio Abdel-Fattah al-Sisi (à direita) e o primeiro-ministro egípcio Mostafa Madbouly fazem um passeio no Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), marcando também a inauguração do primeiro sistema de VLT eletrificado do país, no Cairo, Egito, em 3 de julho. 2022. (Presidência Egípcia/Apostila via Xinhua)

O projeto VLT é fruto de um investimento de 1,24 bilhão de dólares de contrato assinado em agosto de 2017 entre a Autoridade Nacional de Túneis do Egito (NAT, sigla em inglês) e o consórcio da China Railway Engineering Corporation e AVIC International Holding Corporation (CREC-AVIC INTL Consortium).

O projeto ferroviário conecta a Nova Capital Administrativa (NAC, sigla em inglês) que está sendo construída a leste do Cairo com novas cidades e distritos distantes, incluindo El-Salam City, 10th of Ramadan City, El-Obour City, Badr City e El-Shorouk City.

Um trem de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) viaja durante um teste passando pelo Distrito Central de Negócios (CBD) da Nova Capital Administrativa (NAC) que está sendo construída, a leste do Cairo, Egito, em 3 de julho de 2022. (Xinhua/Sui Xiankai)

O ministro egípcio dos Transportes, Kamel el-Wazir, disse que a primeira fase do VLT contém 22 trens e servirá 360.000 passageiros diariamente.

O alinhamento de 12 estações do VLT começa na enorme estação central Adly Mansour, um central de transporte a leste do Cairo, e termina no NAC, incluindo sete pontes, três túneis, duas subestações e um depósito.

Foto tirada em 3 de julho de 2022 mostra o interior da estação Adly Mansour, uma estação de partida do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), no Cairo, Egito. (Xinhua/Ahmed Gomaa)

O projeto do VLT está dividido em várias fases, cobrindo uma distância total de cerca de 103 quilômetros com 19 estações.

A fase atual que está sendo inaugurada possui uma distância de cerca de 70 quilômetros com 12 estações. As fases futuras passariam por uma extensão a sul que cobre uma distância de cerca de 18,5 quilómetros com quatro estações e uma extensão a norte que abrange cerca de 16 quilómetros com três estações, salientou o ministro dos Transportes.

Cerca de 20 empresas egípcias e 15 empresas chinesas participaram da execução do projeto, segundo o ministro.

Embaixador chinês no Egito, Liao Liqiang (3º à esquerda) conversa com trabalhadores chineses e egípcios em um trem de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na estação Badr do LRT, no Cairo, Egito, em 3 de julho de 2022. (Xinhua/Sui Xiankai )

“O projeto foi financiado pela China, adotando tecnologia e equipamentos chineses e foi implementado em conjunto por empresas chinesas e egípcias”, disse Liao, acrescentando que todos os participantes trabalharam duro para manter o progresso da construção enquanto lutavam contra a pandemia de COVID-19.

As empresas chinesas também forneceram treinamento para jovens técnicos egípcios com objetivo de apoiar a construção e manutenção do projeto, acrescentou Liao.

Um maquinista egípcio de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que foi treinado na China, opera um trem VLT a partir da estação Badr durante um teste, no Cairo, Egito, em 3 de julho de 2022. (Xinhua/Sui) Xiankai)

Mohamed Nosir, que estava ao volante no teste, costumava treinar no Instituto Vocacional de Tecnologia Ferroviária de Nanjing em 2018.

“Muitos amigos sempre me perguntaram quando poderiam levar esse trilho para o trabalho. Eles estão ansiosos pela inauguração”, disse Nosir à Xinhua. “O trilho leve é muito confortável e estável, e a velocidade é mais rápida que o metrô.”

Hassan Mahdy, professor de transporte e estradas da Universidade Ain Shams, com sede no Cairo, disse que o VLT é de extrema importância, pois liga as novas cidades a leste do Cairo, incluindo o NAC, com todos os distritos do Grande Cairo.

Ele acrescentou que “o projeto também é um núcleo para outros projetos egípcio-chineses na indústria de transporte e a localização de tecnologia de transporte no Egito.

“É positivo para ambos os lados, pois é uma obra de necessidade no Egito e acredito que o lado chinês está ansioso para transferir suas tecnologias relevantes e expandir o mercado para seus produtos de transporte. Então, é um projeto ganha-ganha”, disse o professor egípcio à Xinhua. Fim

Leia também:

Produção mensal da Tesla bate recorde em junho

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Reservas em moeda estrangeira da China aumentam em julho

As reservas cambiais da China escalaram para US$ 3,1041 trilhões no final de julho, registrando um aumento de US$ 32,8 bilhões em relação a junho, mostram dados da Administração Estatal de Divisas no domingo.

Seção de serviços ambientais estreiará na feira de serviços da China

A próxima Feira Internacional de Comércio de Serviços da China de 2022 (CIFTIS) terá o foco em serviços ambientais pela primeira vez, segundo Beijing Capital Group Exhibitions & Events, um dos organizadores do evento.

A economia verde alimenta a indústria de hidrogênio em toda a China

A China, o maior produtor de hidrogênio do mundo, está acompanhando um crescimento próspero em sua indústria de energia de hidrogênio, à medida que governos locais e empresas correm para aproveitar as oportunidades emergentes no modelo catalisador do setor em capacitar a mudança verde do país.

Últimas Notícias

Armazém Cultural: Câmara debate veto do prefeito do Rio

.Comissão de Justiça e Redação recomenda rejeição ao veto

Plataformas da Bacia de Campos tem hotéis flutuantes

Petrobras estuda investir US$ 220 milhões até 2023

Ações do setor de saúde puxam Ibovespa

Destaque também para Petrobras, que celebrou novo aditivo ao contrato de compra de gás natural com a YPFB

Governo de MG conclui leilão de 627,4 km de rodovias

Investimentos de R$ 3,2 bi, sendo R$ 1,4 bi nos oito primeiros anos da concessão

Bancos chineses: mais empréstimos para empresas privadas

No final de junho aumento de 11,4% em relação ao ano anterior