Presidente interino da Alerj quer investimentos no interior

Governador em exercício, Cláudio Castro, se reuniu com deputado Jair Bittencourt.

O presidente interino da Alerj, deputado Jair Bittencourt (PP), está aproveitando bem sua curta passagem pelo cargo. Esta semana ele se reuniu com o governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), em um encontro oficial, para tratar de assuntos relacionados à recuperação fiscal do Estado e investimentos nos municípios do interior fluminense.

“São muitas as dificuldades econômicas e sociais enfrentadas pelo Estado do Rio, mas com comprometimento do governador e da Alerj, estamos buscando soluções para melhorar a vida de toda a população, da capital ao interior”, disse Jair Bittencourt depois do encontro.

Charlles Batista (foto Alerj)
Charlles Batista (foto Alerj)

Na janela

O deputado Charlles Batista (PSL) chegou à Alerj há quatro meses e, como se diz por ai, já sentou na janela. Ele assumiu a vaga deixada por Dr. Serginho (PSL), nomeado secretário estadual de Ciência e Tecnologia, e já é o líder da bancada na Alerj. Mas o parlamentar tem pretensões mais altas. Ele quer se candidatar a uma vaga de deputado federal na próxima eleição e até já fechou uma dobradinha com o deputado estadual Andersom Moraes (PSL), que será candidato à reeleição.

 

Perigoso

O senador Renan Calheiros quer aproveitar a CPI da Pandemia para ajeitar sua biografia, o que não será fácil. Ele tem 17 inquéritos apenas no STF. A oportunidade, contudo, é boa. Se fizer um relatório que aponte crimes cometidos pelo presidente e seu ex-ministro da Saúde, pode sair da CPI maior do que entrou. Bolsonaro acha que Renan gosta de negociar, mas preferia ter outro na relatoria da CPI.

 

Renda ameaçada no futuro

De acordo com estimativa do FMI, os estudantes brasileiros de 10 a 19 anos podem ter uma perda de quase 8% na renda ao longo da vida caso as aulas perdidas durante a pandemia não sejam compensadas. O prejuízo para os alunos brasileiros é o dobro do estimado para a média da América Latina: 4%.

 

Lula se compara a Colombo

Em entrevista ao jornal espanhol El País, há semanas, Lula abusou de falar muito – e em causa própria. “A Europa desapareceu na política. Tudo são comissões. Comissão para isto, comissão para aquilo… todos uns burocratas”. E emendou: “Sejamos sinceros, meu tempo foi o melhor momento da América Latina desde Colombo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Commodities voltam a subir e ameaçam inflação

Brasil dependerá, mais que nunca, do comportamento do real frente ao dólar.

Rio manda R$ 2,4 tri para União e só recebe R$ 171 milhões

Estado é um dos mais prejudicados da Federação.

Volume de sedãs cai nos últimos anos

Onix Plus foi o mais vendido em 2021, apesar da crise dos semicondutores.

Últimas Notícias

Valor da internet em Portugal está mais barato

Dados recentes do Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, referentes a dezembro de 2021, mostra que Portugal lidera na descida de preços dos...

Modal finaliza aquisição da integralidade do banco digital LiveOn

O Modal, banco de investimento, fechou a aquisição de 100% da infratech LiveOn, operação divulgada em outubro de 2021, e só agora aprovada pelo...

Fitch afirma IDRs BB’ e rating nacional ‘AAA do Itaú Unibanco

A Fitch Ratings afirmou nesta segunda-feira os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e...

Balança comercial registra déficit de US$ 117 milhões

A corrente de comércio (soma de exportações e importações) brasileira cresceu 28% e fechou a terceira semana de janeiro em US$ 28,91 bilhões. Os...

Subida de juros assusta investidores

A segunda-feira (24) foi marcada como um dia de aversão a risco com fortes quedas nas bolsas internacionais, observou Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial...