Previsão de consumo da Opep cai em 300 mil barris/dia

Países exportadores atribuem queda a pandemia, conflito na Europa e aperto monetário.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) revisou na quinta-feira para baixo suas previsões para o crescimento econômico global e a demanda por petróleo deste ano, citando restrições induzidas pela Covid e tensões geopolíticas.

A aliança petrolífera disse em seu relatório mensal do mercado de petróleo que a economia mundial deve crescer 3,5% em 2022, em comparação com sua previsão de 3,9% há um mês.

O grupo de produtores de petróleo também prevê que a demanda global por petróleo este ano aumentará em 3,4 milhões de barris por dia ano sobre o ano anterior, uma queda de 300 mil barris por dia em relação à avaliação do mês passado.

Espera-se que a demanda por petróleo em 2022 seja “impactada pelos desenvolvimentos geopolíticos em andamento na Europa Oriental, bem como pelas restrições da pandemia de Covid”, disse a Opep em seu relatório.

A Opep disse que os desafios notáveis que a economia global enfrenta incluem “tensões geopolíticas, a pandemia contínua, inflação crescente, problemas agravados na cadeia de suprimentos, altos níveis de dívida soberana em muitas regiões e aperto monetário esperado por bancos centrais nos Estados Unidos, Reino Unido, Japão e a Zona do Euro”.

Leia também:

Petróleo dispara à medida que UE pretende banir petróleo russo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Em caso de novo ataque hacker, 80% das empresas pagariam resgate

Senhas: sequências numéricas simples ainda são motivo de ataques cibernéticos.

Empresas chinesas pedem proteção da propriedade intelectual

49 companhias chinesas apresentaram 108 pedidos internacionais de desenhos industriais em 5 de maio

Economia dos Estados Unidos caminha para pouso forçado

Analista acredita que no final do ano Fed pode dar guinada para sustentar Bolsas.

Últimas Notícias

Quatro em 10 brasileiros pretendem pedir crédito nos próximos 90 dias

Intenção atingiu maior patamar desde junho de 2021; dívidas são o principal motivo.

Healthtechs e edtechs rivalizam com fintechs por investidores

Startups de saúde e de educação se aproximam das empresas de tecnologia financeira na disputa pelos aportes

Mercados dão continuidade a movimento negativo visto desde ontem

Bolsas e commodities cedem, enquanto as curvas de juros dão um alívio; moedas são a exceção e avançam contra o dólar.

Conab aponta para safra de café em 53,4 milhões de sacas

Nos quatro primeiros meses, país já exportou 14,1 milhões de sacas de 60 kg; volume é 10,8% menor que o exportado em igual período de 2021.

Em caso de novo ataque hacker, 80% das empresas pagariam resgate

Senhas: sequências numéricas simples ainda são motivo de ataques cibernéticos.