Primeiro passo

O economista Celso Furtado lembrou ao MONITOR MERCANTIL uma de suas primeiras medidas quando foi ministro do Planejamento, no governo João Goulart. “A primeira decisão que tomei foi apertar o controle sobre o câmbio. Hoje, a fluidez do setor externo é um absurdo”, criticou Furtado.

Pirataria
O patrimônio natural e cultural do Brasil vem sendo seriamente ameaçado pela ação de empresas e grupos organizados, que se aproveitam da frágil proteção aos bens de propriedade intelectual no país e partem para a tentativa de apropriação destes bens. A denúncia é da empresa de consultoria Clarke, Modet & Cº, que há cerca de 130 anos atua no segmento de propriedade intelectual.
Além de já ter depositado pedidos de registro de marcas para nomes como “andiroba”, “cupuaçu” e “copaíba” (produtos naturais da Amazônia), já existem empresas estrangeiras estudando desde técnicas curativas, até processos culinários de tribos indígenas e remanescentes de quilombos. Até a “cachaça” foi registrada como marca por uma empresa de Taiwan.
Os executivos da Clarke, Modet defendem o resgate do INPI e da Anvisa. Um processo de registro no INPI – que está hoje está hoje com cerca de 300 mil pedidos de marcas e 100 mil pedidos de patentes aguardando análise – chega a demorar oito anos.

Vôo cego
Hoje será a vez da Câmara dos Deputados discutir os rumos da Varig, em audiência pública no plenário, a partir de 9h. São esperadas as presenças do ministro da Defesa, José Viegas, do vice-presidente do BNDES, Darc Costa, do presidente do Conselho Curador da Fundação Ruben Berta (FRB), Luiz Martins, do consultor Luciano Coutinho, do professor Paulo Rabello de Castro e do vice-presidente da Associação de Pilotos da Varig (Apvar), Marcio Marsillac.

Risco de apagão
O ex-ministro das Minas e Energia e membro do Conselho Empresarial de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) Mauro Thibau apresenta hoje, às 11 horas, o relatório Atualidade do Setor Elétrico Nacional, entregue à ministra das Minas e Energia, Dilma Roussef, como uma contribuição do empresariado fluminense ao esforço do governo de evitar que a sociedade seja mais uma vez sacrificada por equívocos na reforma do setor elétrico.

Em campo
A agência paulista RSVP comemora o considera um gol de placa: a conquista da conta publicitária da Escola Pelé. Voltada para jovens de seis a 20 anos, de ambos os sexos, divididos entre infantis, juvenis e juniores, a escola deve ter as aulas práticas e teóricas de seus profissionais avaliados pelo próprio Pelé.

Trem da economia
A SuperVia, concessionária de trens urbanos do Rio de Janeiro, faz amanhã e quinta-feira promoção para os passageiros: quem embarcar na estação da Central e outras, como Belford Roxo e Mercadão de Madureira, pagará apenas R$ 1,20.

Código para micros
As inovações trazidas pelo novo Código Civil, principalmente em relação aos pequenos empresários, é o tema da palestra de abertura do jurista Jorge Lobo, no segundo simpósio sobre o assunto promovido pelo Sebrae do Rio de Janeiro. O evento ocorre hoje e amanhã, no auditório da instituição.

Fome zero
O único setor que opera normalmente do Hospital Estadual de Araruama (RJ) – inaugurado no primeiro semestre deste ano e que ainda não está funcionando, mesmo com o seu pessoal médico, administrativo e de apoio recebendo vencimentos normalmente – é a cantina, servindo refeições para os que lá estão lotados.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMal duplo
Próximo artigoVesgo

Artigos Relacionados

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Últimas Notícias

Criação de mais um monopólio privado regional

Recurso de petroleiros contra decisão do Cade sobre venda da Reman

Restrição do Fed pode impulsionar a saída de capital dos países da AL

Sinalizou uma política monetária mais restritiva em meio às expectativas de inflações mais altas

Setores fortemente impactados com a pandemia reagem na Bolsa

Alta é influenciada pelo anúncio da reabertura gradual da China

China está confiante na recuperação econômica

Produção de carvão bruto, petróleo bruto e gás natural aumentou 10,7%, 4% e 4,7%, respectivamente, ano a ano

B3 lança fundo para investir em startups

Nova frente nasce com capital de R$ 600 milhões