Privatização da Cedae será quase toda bancada com dinheiro público

O leilão de privatização da Cedae, companhia de saneamento do Estado do Rio de Janeiro, está marcado para 30 de abril na B3, em São Paulo. O edital prevê que os novos donos da empresa universalizarão os serviços de fornecimento de água e esgotamento sanitário para mais de 12,8 milhões de pessoas em até 12 anos.

O valor mínimo da outorga é de R$ 10,6 bilhões. A previsão é de serão aportados no saneamento cerca de R$ 30 bilhões nos 35 anos da concessão.

Mas o novo concessionário terá ajuda para o pagamento. O BNDES divulgou que financiará até 30% da outorga mínima. Além disso, o banco estatal poderá bancar até 55% dos investimentos, de forma direta (sem bancos intermediários) e uma parcela sem limite indiretamente:

“Também poderá ser avaliada pelo BNDES participação na modalidade de financiamento indireta, que é aquela mediante repasse de recursos via agentes financeiros parceiros. Caso aprovado, o financiamento, nesta modalidade indireta, poderá ser utilizado, inclusive, de forma adicional aos limites de participação direta”, anunciou o banco.

A Cedae será dividida em quatro blocos, sendo que cada um deles corresponderá à prestação de serviço em uma área do estado. Ao todo, 35 cidades estão incluídas no processo de concessão. Uma empresa ou consórcio pode levar mais de um bloco, desde que fique comprovado, por meio de habilitação técnica, a capacidade de garantir os investimentos para a universalização do saneamento.

Leia também:

Governo amplia em 5% limite de crédito consignado

Equatorial fica com o controle da CCEE-D

Artigos Relacionados

Passou a boiada

Aprovado texto-base do projeto sobre licenciamento ambiental.

Ataque cibernético deixa parte dos EUA sem combustível

Alta dos preços ao consumidor também preocupa.

Entidade cobra ao Facebook indenização de meio bilhão

Instituto contesta nova política de privacidade do WhatsApp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Aprovado projeto que asfixia o direito da minoria em sessões da Câmara

Mudanças começam a valer a partir desta quinta-feira.

Confiança da indústria está maior em maio

'Em meio à crise gerada pela pandemia, Estado tem que ser indutor do crescimento econômico', afirma presidente da CNI.

EUA: CPI teve variação acima do esperado

Foi o maior avanço mensal da leitura subjacente desde a década de 80 do século passado.

Latino-americanos viajam aos EUA em busca de imunização

Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções para que mexicanos viajem aos EUA a fim de receber a vacina contra a Covid-19....

Comportamento é misto na Europa nesta manhã

Nesta manhã, Paris opera em queda de 0,10%.