Privatização da Eletrobras não garante investimentos, diz ministro

TCU atrasa por 20 dias autorização para venda.

O Tribunal de Contas da União (TCU) adiou por 20 dias o julgamento sobre a segunda etapa da privatização da Eletrobras. O ministro Vital do Rêgo pediu vistas (tempo para analisar melhor o processo) por 60 dias. Após intenso debate, a presidente do TCU, Ana Arraes, determinou o prazo menor.

O relator do processo de desestatização no Tribunal, Aroldo Cedraz, leu seu voto, dizendo que é um “passo gigantesco para a evolução e até mesmo transformação da nossa matriz energética”. No julgamento da primeira etapa, apenas Vital do Rêgo votou contra.

Nesta quarta, Rêgo criticou a falta de informações sobre o impacto da privatização na conta de luz dos consumidores. O ministro afirmou também que há inconsistência nos investimentos previstos: “Há uma evidente contradição entre o discurso para justificar a privatização da Eletrobras, a garantia de investimentos, e os estudos apresentados ao TCU que preveem ao final de 30 anos a ausência completa de investimentos… A tese de garantir investimentos ao setor não para em pé.”

na votação da primeira fase, Vital do Rêgo apresentou um relatório em que mostra que o patrimônio da estatal, avaliado em R$ 67 bilhões, vale, na verdade, pelo menos R$ 130,4 bilhões, ou seja, quase o dobro. Matérias publicadas pelo Monitor Mercantil em fevereiro mostram que o valor da Eletrobras pode chegar a R$ 230 bilhões.

A decisão de adiar por 20 dias desagradou ao Ministério da Economia, que defendia, nos bastidores, apenas 10 dias. Apesar do revés parcial, as ações ordinárias da Eletrobras (ELET3) fecharam a quarta-feira com alta de 3,94%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Uma em cada quatro pessoas não paga todas as contas no mês

Inflação muda comportamento dos brasileiros, mostra pesquisa da CNI.

Mercado financeiro reduz projeção da inflação de 7,15% para 7,11%

Esta é a sexta redução consecutiva da projeção, diz BC.

Real pode se beneficiar da queda do dólar ante moedas emergentes

Em NY, os índices futuros acionários operam no positivo, assim como as principais Bolsas europeias; alta também na Ásia.

Últimas Notícias

Uma em cada quatro pessoas não paga todas as contas no mês

Inflação muda comportamento dos brasileiros, mostra pesquisa da CNI.

Mercado financeiro reduz projeção da inflação de 7,15% para 7,11%

Esta é a sexta redução consecutiva da projeção, diz BC.

Real pode se beneficiar da queda do dólar ante moedas emergentes

Em NY, os índices futuros acionários operam no positivo, assim como as principais Bolsas europeias; alta também na Ásia.

Dia dos Pais: shoppings preveem crescimento de 16% nas vendas

Setor deve movimentar R$ 4,4 bilhões entre os dias 8 e 14 de agosto.