‘Proconsult’ ronda a Argentina

As eleições primárias realizadas no final de semana passado na Argentina tinham pouco efeito prático – cada partido...

As eleições primárias realizadas no final de semana passado na Argentina tinham pouco efeito prático – cada partido apresentou apenas um candidato para concorrer à votação de verdade, em 22 de outubro – mas um simbolismo grande. Tanto que o presidente Mauricio Macri recorreu a um expediente que lembrou o final da ditadura no Brasil, em 1982. O governo argentino divulgou os resultados que lhe eram favoráveis na noite de domingo, em horário apropriado para pegar os principais telejornais. Apagados os holofotes, veio a realidade – e a suspeita de manipulação.

Computados mais votos, Cristina Kirchner, candidata ao Senado na Província de Buenos Aires (40% dos votos do país), empatou com o governista Esteban Bullrich. E tudo indica que a ex-presidente venceu, mas a contagem foi suspensa faltando ainda 300 mil votos – quase todos de locais onde até os adversários admitem que os peronistas são maioria. A apuração continuará em passo de cágado, por mais 15 dias. A Argentina não adotou o voto eletrônico, recusado pelo partido de Cristina – e parece que ele tinha razão para isto.

O escândalo Proconsult foi uma tentativa de fraude na eleição brasileira de 1982, a primeira após a queda da ditadura militar. O objetivo era impedir a vitória de Leonel Brizola, do PDT, para o Governo do Rio de Janeiro. O sistema informatizado de apuração dos votos, feito pela empresa Proconsult, transferia votos nulos ou em branco para Moreira Franco. O atual ministro de Temer era candidato pelo PDS, denominação da antiga Arena, braço político da direita. O mecanismo consistiu em postergar a apuração dos votos nos locais onde Brizola tinha farta maioria, dando a impressão de que Moreira estava na frente.

 

E se fosse mais ao norte?

Se a tentativa de enganar o eleitorado praticada por Macri na Argentina neste final de semana tivesse acontecido na Venezuela, e o presidente fosse Nicolás Maduro, a imprensa brasileira estaria histérica, e a OEA já teria condenado.

 

FHC

A presidente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Angela Costa, receberá nesta quinta-feira o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Em almoço, o sociólogo e cientista político falará sobre a situação atual do país, Lava Jato e sua visão de futuro. O endereço da entidade é Rua da Candelária 9/ 11º andar – Centro.

 

O alemão vem aí

O Governo dos Estados Unidos está preocupado com a doença de Alzheimer. De acordo com o relatório anual da Alzheimer's Association, neste ano, a cada 66 segundos, um norte-americano desenvolverá a doença. E até 2050, esse número deverá dobrar, um doente a cada 33 segundos. Em 2016, o World Alzheimer’s Report estimou que 47 milhões de pessoas em todo o mundo tinham demência.

 

Rápidas

Na próxima segunda, às 20h, Guilherme Boulos, coordenador do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), participa de debate no Teatro Casa Grande. A apresentação será do ex-senador Saturnino Braga, presidente do Instituto Casa Grande (ICG). O teatro fica na Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – Shopping Leblon – Rio *** O ônibus do Busucão, projeto do Instituto Apaixonados por Quatro Patas, estará no Caxias Shopping (RJ) neste sábado. Quem visitar o espaço poderá adotar cães e gatos e ainda vacinar seu animal. Os organizadores solicitam uma colaboração de R$ 10 para cada tipo de vacina *** O Festival de Cultura e Gastronomia de Macaé chega à oitava edição. Começa nesta quinta e vai até domingo, na orla da Praia dos Cavaleiros *** O Ibef-Rio realiza o curso Legislação de Expatriados – Novas Resoluções do Conselho Federal de Imigração 2017. Será em 1º de setembro. Inscrições pelo telefone (21) 2217-5555 *** O grupo Energisa abriu inscrições para o Programa de Trainee 2018. É necessário ter inglês avançado e disponibilidade para morar em qualquer estado. Inscrições até 14 de setembro em www.99jobs.com/energisa/jobs/10984-programa-de-trainee2018?preview=true *** A Tim acaba de abrir processo seletivo para estagiários em oito capitais brasileiras, para universitários de diversos cursos e também em cursos superiores de tecnologia. Os interessados devem se inscrever em www.luandre.com.br/Noticia/programa-estagio-TIM-2017 *** De 20 a 22 de agosto, o Rio de Janeiro vai sediar o XXXVII Congresso Internacional da Propriedade Intelectual da ABPI, no Windsor Barra Hotel. No último dia de evento, das 11h às 12h30, Paulo Parente Marques Mendes, sócio do escritório Di Blasi, Parente & Associados, modera o painel sobre “PI e Restrições Verticais à Concorrência em Plataformas Online”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

A cabeça do dragão

Por Gustavo Miotti.

Portugueses pedem extensão das moratórias bancárias

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) está pleiteando a prorrogação das moratórias bancárias até 31 de março de 2022”. O...

China libera reservas de metais não ferrosos para reduzir custos

A China disse que continuará a liberar suas reservas estatais de cobre, alumínio e zinco para garantir preços estáveis para as commodities e aliviar...