Procura-se candidato desesperadamente

O título da nota poderia facilmente ser usado pela esquerda brasileira. Massacrada pela Lava Jato e por anos de falhas na...

O título da nota poderia facilmente ser usado pela esquerda brasileira. Massacrada pela Lava Jato e por anos de falhas na condução política pelo PT, a ala progressista do país tem dificuldades em se aglutinar (bem, isso não é novidade) e buscar um candidato que signifique um freio ao retrocesso que é imposto por um governo não eleito. Mas é a direita que está mais desesperada em busca de um nome. A sombra de Lula paira sobre as eleições de 2018 – e não só ele; Bolsonaro também é visto como ameaça pelos setores conservadores.

Aécio já estava praticamente descartado quando apareceram as denúncias sobre envolvimento com os irmãos Batista, eliminado-o de vez. Veio Dória Jr., abatido tão rapidamente quanto seu açodamento para se lançar candidato. Luciano Huck chegou a ganhar capa em uma revista semanal (de repercussão em queda livre), mas anunciou que prefere ficar no seu programa de auditório. Há agora os que continuam em busca de um nome conhecido, mas fora da política; aqueles que preferem o tucano Geraldo Alckmin, aposta arriscada, mas um nome confiável; e aqueles que acham que o filho de Cesar Maia pode se descolar de mister Fora Temer e se viabilizar candidato. Alckmin, com seu perfil insípido, vai aproveitando e ocupando espaços junto ao mercado. Mas o PSDB, além de dividido, tem enorme rejeição, agravada pelo apoio ao atual governo.

Sofrendo de demofobia e escassez de votos, há quem ainda acredite em uma virada de mesa, aprovando um parlamentarismo oportunista. No sufoco, não faltará quem vá de Bolsonaro, acreditando que ele entregará o comando do país aos conservadores – o deputado ventilou o nome de Paulo Guedes, mais conhecido no mercado financeiro pelos seus tempos de Beato Salu. As apostas estão abertas.

 

Lixo

Os brasileiros perderão, em média, R$ 3.700 de sua renda anual nos próximos três anos se a reforma da Previdência não passar. Acreditem, tal afirmação foi feita pelo Ministério do Planejamento, que alega que, sem a reforma, o risco-país passará de 180 para 400 pontos.

Pior do que produzirem tal análise, é a imprensa publicar como se fosse algo que merecesse. Nos EUA, a palavra para este tipo de material é bullshit.

 

Logística

O Porto Itapoá, terminal privativo localizado no litoral norte catarinense, promoverá nesta quarta-feira um encontro de negócios com a classe empresarial de São Paulo. O evento, realizado em parceria com a Câmara Brasil-Alemanha, debaterá temas como competitividade, infraestrutura logística e investimentos no setor portuário como forma de alavancar a economia brasileira. Detalhes em www.ahkbrasil.com

Inaugurado em junho de 2011, o terminal concluiu em novembro fase importante da primeira etapa de suas obras de ampliação, com a inauguração oficial de uma área de 60 mil m², que foi acrescida ao seu pátio de manobras. Até maio, outros 40 mil m² serão acrescidos ao pátio, que assim passará a ter 250 mil m². Também até maio, está prevista a conclusão da obra de extensão do píer de atracação, que passará dos atuais 630 metros para 800 metros.

 

Rápidas

A Facha está com matrículas abertas para os cursos de extensão de férias nas áreas de Direito, Relações Públicas, Publicidade e Marketing, Audiovisual, Universo Digital, Terapias Complementares e Jornalismo. Informações pelo telefone 2102-3100 ou pelo site http://extensao.facha.edu.br/cursos *** Autora do livro Felicidade Feminina: uma escolha possível com práticas da Psicologia Positiva, Renata Abreu realizará oficina na Casa do Saber Rio, localizada no Shopping Leblon, Zona Sul do Rio, neste sábado, das 9h às 13h. A inscrição deve ser feita pelo site www.rj.casadosaber.com.br. Todos os inscritos ganharão o livro da autora *** Nos dias 2 e 3, Jacarepaguá será palco da segunda edição da Feira de Empreendedores Sustentáveis (FES) *** A Diretoria de Análises de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP) realiza nesta terça-feira, em parceria com o Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra), da UnB, o seminário Política e Gestão da Migração: Desafios e oportunidades para o desenvolvimento do Brasil. O evento acontecerá na sede da FGV, a partir das 9h30 *** O ministro Alexandre de Moraes participará, no dia 4, do IV Colóquio sobre o Supremo Tribunal Federal, na sede da Associação dos Advogados de São Paulo (Aasp), Rua Álvares Penteado, 151 – Centro. Mais informações: www.aasp.org.br/eventos

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Elevação na Selic deve repercutir no mercado

EUA: divulgação de PIB do terceiro trimestre e balanços de grandes empresas são o foco das atenções no cenário internacional.

TSE forma maioria contra cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

PT, PCdoB e PROS pedem cassação da chapa por cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

IGP-M acumula inflação de 21,73% em 12 meses

Alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Mirando agora na PEC dos Precatórios

Ultrapassada a decisão do Copom, investidores vão mirar na avaliação da PEC cheia de 'jabutis' que ainda não foram retirados.

Funcionalismo público: críticas e realidade da categoria

Por Relly Amaral Ribeiro.