Procura-se

A mistura da obsessão quase monotemática pela Saúde com a tentativa de se apresentar como candidato fake do presidente Lula não deixa dúvidas: José Serra, ou melhor o Zé, está à procura de um emprego para 2011. Mais exatamente de ministro da Saúde, ganhe quem ganhar.

Nacional abandonado
Adquirido em 17 de dezembro do ano passado, o Hotel Nacional, em São Conrado, Zona Sul do Rio de Janeiro, permanece no mesmo estado de abandono dos últimos 12 anos, quando entrou em processo de liquidação extrajudicial a Interunion Capitalização. O leilão foi vencido pelo empresário Marcelo Limírio Gonçalves Filho, do laboratório Neo Química, atualmente do grupo Hypermarcas. Moradores do bairro informam que, na ocasião da venda, foram muitas as promessas de recuperação do imóvel, com a provável construção de mais um prédio, no terreno onde fica o Centro de Convenções.
A Copa de 2014 e as Olimpíadas, dois anos depois, são dois bons motivos para a reativação do hotel. Grandes grupos anunciam construção de unidades no Rio, especialmente na Barra da Tijuca, vizinha a São Conrado. O grupo Hyatt anunciou a instalação de três hotéis no bairro, visando aos eventos esportivos.

Novo comando
Como será o mercado financeiro após as eleições presidenciais? Esse será o tema da palestra O Brasil Pós-Eleições: Cenários com Dilma e Serra, na Universidade Veiga de Almeida (UVA), no Rio, na próxima terça-feira, às 19h30m. O debatedores serão o mestre em Administração Financeira Gil Deschatre e o economista-chefe do Banco Prosper e membro do Grupo de Análise Conjuntural do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Eduardo Velho. Não serão discutidos apenas panoramas da economia brasileira no próximo governo. A intenção dos organizadores é também indicar as aplicações mais rentáveis para quem deseja investir seu dinheiro. Mais informações pelo telefone (21) 2574-8888.

Hipnose
Cerca de 30% dos brasileiros já recorreram e ainda procuram a hipnose para resolver problemas de depressão, síndromes, dependências química, alcoolismo, dor, dificuldade de aprendizado, fobias, gagueira, entre outros. A informação é da Sociedade de Hipnose Médica do Estado do Rio de Janeiro, que passou a oferecer tratamentos por hipnose a preços populares. A expectativa é atender a cerca de 250 pessoas por semana.

Déficit na balança
As concessões de visto de trabalho a estrangeiros no Brasil crescem a uma taxa média anual de 17%. Atraídos pela retomada do crescimento, por altos salários e oportunidades em áreas em que há carência de mão-de-obra qualificada, quase 180 mil profissionais dos cinco continentes aportaram aqui nos últimos cinco anos, de acordo com dados do Ministério do Trabalho. Isso num país que, segundo os próprios dados do Caged, do ministério, destrói empregos acima de dois salários mínimos. Em contrapartida, estima-se que cerca de 4 milhões de brasileiros estejam fora do país – embora, nem todos, em profissões com os melhores salários. A vinda de estrangeiros para trabalhar aqui é tema de seminário que a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (www.ahkbrasil.com) realiza, nos dias 1 e 2 de setembro, em Brasília. A abertura ficará a cargo do ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto.

Vôo alto
O setor aeroespacial brasileiro exportou, em 2009, US$ 4,1 bilhões, o equivalente a 2,74% das exportações brasileiras, com importações no valor de US$ 2,2 bilhões. O saldo é de quase dois US$ 2 bilhões, fruto do pioneirismo estatal na criação da Embraer.

Muito além dos gols
Um dos principais pesquisadores do país da relação entre esporte e sociedade, o professor Ronaldo Helal começa, no próximo dia 2, o curso “O país do futebol, além dos gols – Mídia, idolatria, política e identidade nacional”, na Casa do Saber, na Avenida Epitácio Pessoa 1.164, na Lagoa, na Zona Sul do Rio. Dividido em quatro módulos, o curso pretende discutir as narrativas da imprensa na construção das figuras públicas de ídolos do futebol e da identidade nacional por esse esporte. As aulas vão abordar a construção das identidades de personagens como Ronaldo “Fênomeno”, Zico e Romário, bem como a semelhança entre Brasil e Argentina na relação simbólica com o futebol. Inscrições e mais informações pelo site http://www.casadosaber.com.br/curso.php?cid=2068

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPerversão
Próximo artigoCoisas que interessam

Artigos Relacionados

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Últimas Notícias

Português é o idioma mais procurado para trabalhos em NY

De acordo com o Instituto Camões, a língua portuguesa é a quarta mais falada no mundo, com 260 milhões de pessoas.

Metrô: Estação Presidente Vargas vai se chamar Saara

PL segue para segue para o governador Cláudio Castro, que tem 15 dias para sancionar ou vetar.

Mais um evento no Rio

Expectativa é receber cerca de mil empresas do setor de supermercados.

Check-up do acerto de contas com o Leão

Por Sandro Rodrigues