Produção de aço bruto teve alta de 20,3% até maio

Importações alcançaram 2,0 milhões toneladas no acumulado até maio de 2021, aumento de 128,4% frente ao mesmo período de 2020.

A produção brasileira de aço bruto foi de 14,9 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a maio de 2021, o que representa um aumento de 20,3% frente ao mesmo período do ano anterior. As informações são do Instituto Aço Brasil.

A produção de laminados no mesmo período foi de 11,1 milhões de toneladas, aumento de 29,7% em relação ao registrado no mesmo acumulado de 2020. A produção de semiacabados para vendas totalizou 3,3 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2021, um acréscimo de 0,5% na mesma base de comparação. Devido a uma perda que ocorre durante o processo produtivo do aço, a soma da produção de laminados e semiacabados para vendas não equivale ao total da produção de aço bruto.

As vendas internas foram de 10,0 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2021, o que representa uma alta de 46,4% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior.

O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 11,5 milhões de toneladas no acumulado até maio de 2021. Este resultado representa uma alta de 50,7% frente ao registrado no mesmo período de 2020.

As importações alcançaram 2,0 milhões toneladas no acumulado até maio de 2021, um aumento de 128,4% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US$ 1,8 bilhão e avançaram 92,2% no mesmo período de comparação.

As exportações atingiram 4,3 milhões de toneladas, ou US$ 3,0 bilhões, de janeiro a maio de 2021. Esses valores representam, respectivamente, retração de 13,6% e aumento de 20,5% na comparação com o mesmo período de 2020.

Em maio de 2021 a produção brasileira de aço bruto foi de 3,1 milhões de toneladas, um aumento de 40,1% frente ao apurado no mesmo mês de 2020. Já a produção de laminados foi de 2,4 milhões de toneladas, 70,9% superior à registrada em maio de 2020. A produção de semiacabados para vendas foi de 797 mil toneladas, um aumento de 26,5% em relação ao ocorrido no mesmo mês de 2020.

As vendas internas avançaram 73,9% frente ao apurado em maio de 2020 e atingiram 2,1 milhões de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi de 2,5 milhões de toneladas, 83,0% superior ao apurado no mesmo período de 2020.

As exportações de maio foram de 746 mil toneladas, ou US$ 636 milhões, o que resultou em queda de 12,2% e aumento de 50,8%, respectivamente, na comparação com o ocorrido no mesmo mês de 2020. As importações de maio de 2021 foram de 550 mil toneladas e US$ 488 milhões, uma alta de 267,7% em quantum e 195,3% em valor na comparação com o registrado em maio de 2020.

Leia também:

Vendas do comércio crescem 1,6% em maio

Artigos Relacionados

ONS já prevê possibilidade de importar energia

O cenário energético do país permanecerá “sensível”, com acionamento de usinas termelétricas, que encarecem a conta de luz. A avaliação é do Operador...

Elevação de custos de construção inviabiliza Casa Verde e Amarela

Preços dos materiais e equipamentos subiram 34% nos últimos 12 meses.

Yellen avisa Congresso que EUA podem ir a calote

Sem crédito adicional, dinheiro do Tesouro pode acabar em meados de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

KPMG é alvo de críticas por auditorias em bancos ingleses

A KPMG, empresa que presta serviços de auditoria, enfrenta uma nova onda de críticas sobre a qualidade das seus trabalhos nos bancos, depois de...

Airbus inaugura projeto de aeronaves A350 na China

A Airbus inaugurou seu projeto de aeronaves A350 em seu centro de conclusão e entrega de fuselagem larga em Tianjin, norte da China. É...

Plataforma P-70, na Bacia de Santos, alcança capacidade de projeto

A P-70, localizada no campo de Atapu, na porção leste do pré-sal da Bacia de Santos, atingiu em 12 de julho sua capacidade de...

BC amplia iniciativas de ESG para suporte ao crédito

As recentes iniciativas regulatórias do Banco Central do Brasil (BC) para intensificar as divulgações relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança (Environmental, Social...