Produção industrial cresceu em junho acima da expectativa

No comparativo em 12 meses, a indústria extrativa caiu -1%, enquanto a de transformação recuou -10,1%.

Opinião do Analista / 11:08 - 4 de ago de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Produção Industrial (PIM) cresceu 8,9% no mês de junho, acima da nossa expectativa (6,4%) e da expectativa de mercado (7,9%). A leitura do mês anterior foi revista de 7,0% para 8,2%. Em termos de nível (75,9 SA), permanecem em patamar abaixo do observado em março (79,7 SA), mas já distantes do pior momento registrado em abril (64,4 SA).

Por dentro do índice, a indústria extrativa variou 5,5% no mês, enquanto as indústrias de transformação avançaram fortes 9,9% no mês.

Nas categorias de uso, nota-se avanço de 13,10% nos bens de capital, enquanto bens de consumo cresceram fortes 15,88%. Destaca-se o forte crescimento de bens de consumo duráveis, que avançaram 82,22% no mês. Ainda assim, no comparado com junho do ano passado, a perda é de -15,7%, fazendo-se notar novamente a diferença entre o movimento de descompressão posterior a reabertura e o tamanho do impacto na atividade representado pela crise. Vale mencionar por dentro da rubrica o avanço de 34,2% mensal na fabricação de produtos têxteis.

No comparativo em 12 meses, a indústria extrativa caiu -1%, enquanto a indústria de transformação recuou -10,1%. Com isso, a indústria geral ficou em -9%.

O dado reforça a tese de recuperação da economia que se iniciou ao longo do mês de maio e se consolidou na medida em que deixamos para trás patamares extremamente deprimidos de atividade.

Na medida em que o país mantém a reabertura, esperamos manutenção da retomada cíclica deste indicador ao longo do próximo mês.

.

Felipe Sichel

Estrategista-chefe do Banco Digital Modalmais

Fonte: www.modalmais.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor