Produção nacional de petróleo caiu 1,6% em agosto

No mês de agosto, os campos de Búzios, Atapu e Sul de Tupi, todos produzindo sob o regime de cessão onerosa no pré-sal da Bacia de Santos, estiveram entre os maiores produtores nacionais A cessão onerosa é um regime de contratação direta de áreas específicas de petróleo da União para a Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras).

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira no Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural do mês de agosto de 2021 da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis ( ANP), que traz os dados consolidados da produção nacional.

Búzios, com 669,3 mil boe/d (barris de óleo equivalente por dia) ficou em segundo lugar, atrás apenas do campo de Tupi, que produziu 1,2 milhão de boe/d. Atapu foi o sexto, produzindo 158,1 mil boe/d e Sul de Tupi ficou na 11ª posição, produzindo 69,1 mil boe/d.

Agosto marcou o início da produção de Sépia, também sob o regime de cessão onerosa no pré-sal da Bacia de Santos, registrando 8,6 mil boe/d. Os volumes excedentes de Sépia e Atapu serão ofertados na Segunda Rodada de Licitações dos Volumes Excedentes da Cessão Onerosa, prevista para ser realizada em 17 de dezembro deste ano.

Produção nacional

A produção nacional em agosto totalizou 3,856 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente por dia), sendo 2,997 MMbbl/d (milhões de barris diários) de petróleo e 137 MMm3/d (milhões de metros cúbicos por dia) de gás natural.

Houve redução de 1,6% na produção de petróleo em comparação com o mês anterior e de 2,9% em comparação com agosto de 2020. Já no gás natural houve redução de 1,9% em comparação com o mês anterior e aumento de 2,3% se comparado a agosto de 2020.

Pré-sal

A produção do pré-sal no mês de agosto totalizou 2,764 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente), sendo 2,193 MMbbl/d (milhões de barris por dia) de petróleo e 90,8 MMm³/d (milhões de metros cúbicos diários) de gás natural.

Houve redução de 1,5% em relação ao mês anterior e de 0,4% se comparada ao mesmo mês de 2020. A produção do Pré-sal teve origem em 131 poços e correspondeu a 71,7% do total produzido no Brasil

Em agosto, o aproveitamento de gás natural foi de 97,7%. Foram disponibilizados ao mercado 55,3 MMm³/dia. A queima de gás no mês foi de 3,1 MMm³/d, uma redução de 11,8% se comparada ao mês anterior e de 22,4% se comparada ao mesmo mês em 2020.

Origem da produção

No mês de agosto os campos marítimos produziram 97,2% do petróleo e 81,9% do gás natural. Os campos operados pela Petrobras foram responsáveis por 92,5% do petróleo e do gás natural produzidos no Brasil. O campo de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, registrando 922 Mbbl/d de petróleo e 41,9 MMm3/d de gás natural.

A plataforma Petrobras 70, produzindo no campo de Atapu por meio de quatro poços a ela interligados, foi a instalação com maior produção de petróleo, com 159.200 bbl/d.

A instalação Polo Arara, produzindo nos campos de Arara Azul, Carapaúna, Cupiúba, Rio Urucu e Sudoeste Urucu, por meio de 29 poços a ela interligados, foi a instalação com maior produção de gás natural, produzindo 6,800 Mmm³/d. Estreito, na Bacia Potiguar, teve o maior número de poços produtores terrestres: 992. Tupi, na Bacia de Santos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores: 63.

Acumulações marginais

Esses campos produziram 366,9 boe/d, sendo 93,3 bbl/d de petróleo e 43,5 Mm³/d de gás natural. O campo de Iraí, operado pela Petroborn, foi o maior produtor, com 267,2 boe/d.

No mês de agosto de 2021, 259 áreas concedidas, quatro de cessão onerosa e quatro de partilha, operadas por 36 empresas, foram responsáveis pela produção nacional. Dessas, 57 são marítimas e 210 terrestres, sendo 11 relativas a contratos de áreas contendo acumulações marginais. A produção ocorreu em 6.272 poços, sendo 495 marítimos e 5.777 terrestres.

O grau API médio do petróleo extraído no Brasil foi de 28,0, sendo 2,3% da produção considerada óleo leve (>=31°API), 91,2% óleo médio (>=22 API e <31 API) e 6,5 % óleo pesado (<22 API).

As bacias maduras terrestres (campos/testes de longa duração das bacias do Espírito Santo, Potiguar, Recôncavo, Sergipe e Alagoas) produziram 91,897 Mboe/d, sendo 71,2 mil bbl/d de petróleo e 3,3 MMm³/d de gás natural. Desse total, 67,5 mil boe/d foram produzidos pela Petrobras e 24,4 mil boe/d foram produzidos por concessões não operadas pela Petrobras, dos quais: 15.339 boe/d no Rio Grande do Norte, 8.140 boe/d na Bahia, 481 boe/d no Espírito Santo, 235 boe/d em Alagoas e 184 boe/d em Sergipe.

Leia também:

Autorizações da ANP poderão ampliar produção de biocombustíveis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Novas diretrizes com mudança do Código de Defesa do Consumidor

O Projeto de Lei 2246/21 proíbe bancos e financeiras de cobrar, para uma mesma modalidade de empréstimo, taxas de juros diferentes de consumidores de...

TRT/RJ interpreta como ilegais medidas adotadas pela Petrobras

A Justiça do Trabalho do Estado Rio de Janeiro deu ganho de causa a empregados da Petrobras em ação coletiva contra aumento de carga...

Diesel estará mais caro nesta quarta-feira

Mesmo depois de tanto protesto contra os preços em elevação praticados pela Petrobras, a companhia realizará ajuste no preço do diesel A para as...

Últimas Notícias

Contração seguida do PIB configura recessão técnica

A quinta-feira foi marcada pela repercussão dos dados divulgados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos...

Renova Energia fecha negócio da Brasil PCH

A Renova Energia, em recuperação judicial, concluiu nesta quinta-feira a venda de sua posição majoritária na Brasil PCH, sociedade que reúne 13 usinas de...

ANP aprova novas regras para firmas inspetoras de combustíveis

A Diretoria da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (02) a resolução que revisa os requisitos necessários para...

Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A...

B3 faz leilão do Fundo de Investimentos da Amazônia

Dia 16 de dezembro, a B3 realizará o leilão de valores mobiliários integrantes da carteira de ações do Fundo de Investimentos da Amazônia (Finam),...