Produtos infantis somam 10% do faturamento de itens de farmácia no ano

Com destaque para a categoria de alimentação infantil, levantamento aponta crescimento nas vendas de mercadorias para crianças.

Além dos cuidados em relação à pandemia, a saúde das crianças num todo vem sendo cada vez mais observada de perto pelos pais. Prova disso, é o levantamento realizado pelo Farmácias App, aplicativo de vendas virtuais de itens de saúde e beleza. Segundo o estudo, no mês de setembro os produtos infantis representaram 30,25% de todo o faturamento da categoria em 2020. O crescimento da categoria que representa 10% da receita total dos itens de farmácias no ano.

Dentre os produtos mais vendidos, os itens mais procurados foram em relação à alimentação (52,2%) e higiene (39,3%). As fórmulas infantis – indicados para recém-nascidos e bebês de até 6 meses – foi a categoria com maior crescimento apresentando 39% do faturamento total. Além disso, o mês de setembro foi o que mais teve vendas desses produtos, representando 34,7% de toda a receita da subcategoria em 2020 até agora.

Outro destaque, as fraldas aparecem em segundo lugar em faturamento com 37% do total de vendas por unidade de produtos infantis, a subcategoria teve como pico o mês de julho, que representou 31% de todo montante.

Por fim, os compostos lácteos – produtos destinados à complementação alimentar para crianças maiores de 1 ano – aparece como o terceiro colocado do ranking de vendas, somando 11% da receita de produtos infantis. Segundo o Farmácias App, setembro foi o mês com maior venda dessa categoria na plataforma, representando 87% do total de vendas de em 2020 até o momento.

"Quando pensamos na pandemia, certamente pensamos nos bebês e crianças que também foram impactados direta ou indiretamente pelo isolamento social. O levantamento traz mais que número, traz uma realidade, de milhares de brasileiros em suas casas, no home office ou não, que cuidam de seus filhos e recorrem a ferramentas como o Farmácias App para atender suas necessidades sem que precisem sair de suas casas", explica Renata Morais, coordenadora de Marketing do Farmácias App.

"Os dados refletem um comportamento mais atencioso em relação a saúde infantil, com o crescimento nas vendas mês a mês".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Com alta dos juros, dívida bruta deve ficar próxima de 85% do PIB

Inflação exibe cenário de disseminação dos reajustes de preços.

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...