Programa Mundial de Alimentos da ONU recebe Nobel da Paz

Reconhecimento chega num momento em que fome atinge milhões de pessoas em países afetados por conflitos e pandemia.

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) recebe no dia 10 de dezembro o Nobel da Paz 2020. A cerimônia, às 9 horas (horário de Brasília), reconhece o papel da organização no combate à fome e na construção da paz em áreas afetadas por conflitos. O diretor-executivo do WFP, David Beasley, receberá o prêmio em nome da agência e de seus 20 mil funcionários em uma cerimônia virtual que poderá ser acompanhada no site do Nobel (https://youtu.be/iPxEYO0DSAI).

O WFP também promoverá o evento The People’s Prize (O Prêmio das Pessoas), com transmissão no Facebook da organização para celebrar a história, as pessoas e os parceiros que estão por trás do prêmio concedido ao WFP, com a participação de funcionários da agência em vários escritórios ao redor do mundo.

O reconhecimento do Nobel chega em um momento em que a fome atinge milhões de pessoas, especialmente em quatro países afetados por conflitos – Iêmen, Sudão do Sul, Nigéria e Burkina Faso -, além de uma alarmante combinação de conflito, fome e pandemia da Covid-19.

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (WFP) recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 2020. É a maior agência humanitária do mundo, salvando vidas em emergências e, por meio da assistência alimentar, contribui para a paz, a estabilidade e a prosperidade das pessoas que se recuperam de conflitos, de desastres e do impacto das mudanças climáticas.

No Brasil, o Centro de Excelência contra a Fome é o escritório do WFP. A missão do Centro de Excelência é apoiar países em desenvolvimento na criação e implementação de soluções sustentáveis contra a fome a partir da utilização das experiências exitosas desenvolvidas no Brasil. O escritório atua também como um fórum global para o diálogo político e aprendizagem sobre alimentação escolar, nutrição e atividades relacionadas à segurança alimentar.

A ONU anunciou que já recebeu mais de US$ 370 milhões (cerca de 305 milhões de euros) para o Fundo de Emergência, a fim de ajudar a responder a crises humanitárias.

Durante encontro por videoconferência, mais de 50 doadores comprometeram-se a contribuir para o Fundo Central de Resposta a Emergências da ONU, acrescentou a instituição em comunicado.

“Esse fundo é uma das formas mais rápidas de ajudar as pessoas em crises súbitas” e “aqueles que não estão na linha da frente do radar global”, disse o secretário-geral da ONU, António Guterres.

Criado em 2005, o fundo “ajudou este ano milhões de pessoas a terem comida, cuidados, abrigo e proteção”, disse ainda o secretário-geral adjunto das Nações Unidas para Assuntos Humanitários, Mark Lowcock.

Em 2020, o Fundo de Emergência da ONU beneficiou 65 milhões de pessoas em 52 países e territórios, com um valor total de mais de US$ 900 milhões. O dinheiro foi utilizado contra a pandemia de Covid-19 e outras doenças, em conflitos ou catástrofes naturais (secas, terramotos, furacões) ou para evitar a fome, de acordo com a nota.

A conferência de doadores para o Fundo de Emergência realizou-se dias após de as Nações Unidas terem divulgado uma estimativa das necessidades humanitárias em 2021, de US$ 35 bilhões, que deverão servir para atender a 160 milhões de pessoas.

 

Com informações da Agência Brasil, citando a RTP

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Peso uruguaio fica até 65% mais caro no RJ com final da Libertadores

Cotação da moeda uruguaia tem variado entre R$ 0,154 e R$ 0,254 no Rio.

Asean: Nova zona de livre comércio pode ameaçar supremacia ocidental

Índia pode bater de frente com a China.

Últimas Notícias

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

STF desbloqueia bens de Lula

Por maioria de três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta sexta-feira, desbloquear os bens do ex-presidente Lula...