Projeto MotivarAção – o próximo passo para o autoconhecimento

O índice de insatisfação e infelicidade no ambiente corporativo é crescente. De acordo com pesquisa realizada em 21 estados, no ano passado, pelo consultor de carreiras Fredy Machado, para seu livro "É possível se reinventar e integrar a vida pessoal e profissional", cerca de 90% das pessoas estão infelizes em seus trabalhos. Desse percentual, 36,52% dos profissionais estão infelizes com o trabalho que realizam, e 64,24% gostariam de fazer algo diferente do que fazem hoje para serem mais felizes. Também, segundo a PwC, 80% dos trabalhadores não conseguem realizar tudo o que gostariam no âmbito profissional.

As pessoas buscam por crescimento pessoal e profissional mas, muitas vezes, não sabem como protagonizar suas escolhas, por não conhecerem seus talentos e potenciais. Estamos acostumados a medir e melhorar nosso desempenho o tempo todo, pois é o que esperam de nós – a entrega! Descobrir os talentos, potencializar a sua versão atual e estar disponível para se reinventar, é a verdadeira preparação para o próximo passo em busca do sucesso.

O projeto MotivarAção, criado pelas psicólogas Roberta Borrelli e Beatriz Moura, tem como objetivo proporcionar a oportunidade de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal e profissional para quem busca crescimento, para quem desejareconhecer seus talentos para se reinventar e ter sucesso, e não sabe como se preparar para dar o próximo passo.

O projeto prevê 17 sessões, sendo uma em grupo para apresentação do processo e sensibilização, 8 sessões para o trabalho das competências comportamentais e 8 para exercícios de crescimento e desenvolvimento profissionais, cuidando da saúde mental e qualidade de vida dos envolvidos.

"Se diante de uma tomada de decisão, você tem medo de errar ou não consegue entender o motivo de, na maioria das vezes, não levar seu projeto adiante, precisa saber como organizar suas ideias! Nem sempre as decisões te levarão para o melhor caminho, mas todas as decisões fazem parte do seu amadurecimento e da sua história. Não tenha medo de errar! Analise as oportunidades e tome as decisões. Arrisque!", afirma Roberta Borrelli.

A seu lado, a psicóloga Beatriz Moura tem se dedicado à apoiar o processo de maturidade e autonomia para mentoria, a partir da terapia cognitiva. Identificou, em parceria com Roberta Borrelli, a oportunidade de utilizar a terapia cognitiva para apoiar as pessoas na análise de melhores práticas para lidar com o que interfere na tomada de decisão e crescimento para a trajetória profissional de sucesso. Beatriz contribui com sua experiência no atendimento clínico, para avaliação de aptidão para encaminhamento ao processo de mentoria e apoio na elaboração das estratégias para desenvolvimento das competências comportamentais.

No dia 26/10, às 19h, será realizada a primeira das três lives do projeto MotivarAção, com apresentação de temas pertinentes e explicação das etapas do projeto

26/10 – Trabalho e Saúde Mental (Roberta Borrelli e Beatriz Moura)

02/11 – O Mercado de Trabalho Atual (Roberta Borrelli e dois profissionais da área, para tratar da relação saúde mental e produtividade com o trabalho remoto).

09/11 – O Que Aciona o Seu Botão de Motivação (com informações sobre todo o projeto e orientações para inscrição e participação).

Roberta Borrelli dá um "spoiler" do projeto MotivarAção com 5 dicas sobre foco:

1- Tenha um objetivo definido. Saber o que você quer e o que não quer é fundamental para agir com foco. Como diz o Gato de Alice no País das Maravilhas – “se você não sabe para onde quer ir, qualquer direção serve!”

2- Identifique o que precisa ser resolvido. Não adianta gastar energia para entender o que causou a situação atual. Invista sua energia na solução!

3- Faça uma lista das tarefas e classifique-as. Você precisa saber o que é urgente e o que é importante, o que tem que fazer agora, o que pode planejar para fazer, o que pode delegar e o que deve eliminar da lista.

4- Defina metas. Ao lado de cada tarefa da lista, indique datas/prazos para conclusão de cada uma delas e, cumpra o que planejou. Lembre-se de não exigir de você mais do que pode fazer!

5- Mantenha sua motivação. Fazer intervalos para reenergizar a mente e o corpo ajuda a manter o foco e produtividade. Coma algo que gosta! Olhe a vista da janela! Faça um exercício! Faça algo que faz você se sentir bem com você e se reconecte com suas tarefas.

Roberta Borrelli é Mestre em Gestão Organizacional, especialista em Gestão de Recursos Humanos e Psicóloga, com 26 anos de experiência em Gestão de Pessoas.

Beatriz Moura é Psicóloga, pós graduada em Terapia Cognitivo Comportamental, pelo CBI Miami Child Behaviour Institute.

Maiores informações: roberta@motivaracao.com.br

Instagram: @_motivaracao

Artigos Relacionados

Livro ensina a lidar com o Transtorno do Déficit de Atenção

Proposta é oferecer um suporte para as aflições, além de mostrar a realidade do transtorno e apresentar possíveis caminhos para se encontrar soluções.

Cultura Inglesa lança imersão gratuita de inglês pelo celular

Atividades acontecerão em aplicativos WhatsApp e ClubHouse para prática gratuita do idioma.

DJ Cia lança 1º single ‘Não Espere Perfeição’

Música faz parte de seu 1º álbum ‘Por Onde Andei’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Jornalista agora pode ser MEI

Senado tentou incluir corretor de imóveis, publicitários e produtores culturais no projeto.

STF determina reintegração de excluídos do Bolsa Família

Ministro Marco Aurélio avaliou que Governo Federal estava descumprindo determinação.

Preços dos medicamentos voltam a subir em março

Segundo levantamento, resultado reflete agravamento da pandemia, colapso das unidades de saúde e depreciação cambial.

Planos devem autorizar exame de Covid de forma imediata

Antes da determinação da ANS, os planos podiam demorar até três dias úteis para garantir o atendimento ao pedido.

Cresce demanda árabe por café verde e solúvel do Brasil

No primeiro trimestre deste ano, país exportou 37% mais café à região; além dos grãos verdes, crus, países têm demandado mais produto solúvel.