Promessa é dívida

A impressionante história de como os bancos suíços entregaram o político Paulo Maluf para as autoridades brasileiras é contada pela primeira vez em livro: O dinheiro sujo da corrupção – como a Suíça entregou Paulo Maluf, de Rui Martins (Geração Editorial, 208 páginas, R$ 28). Martins, junto com o jornalista suíço Jean Noel Cuenod, que também cobriu o caso para a imprensa européia, cobrarão em ato público, em Genebra, a promessa do ex-prefeito de entregar o dinheiro das contas “a quem o encontrar”. Como eles afirmam que encontraram o dinheiro, vão exigir que a fortuna lhes seja entregue, para que doem a alguma entidade brasileira idônea de trabalho reconhecido de combate à desigualdade social.

Privadas
Dos 4,2 milhões de universitários do país, 71%, que somam 3 milhões, estão na rede privada. Os dados constam da Análise Setorial do Ensino Superior Privado no Brasil – Tendências e Perspectivas 2005-2010, das empresas Ideal Invest, Hoper Educacional e CM Consultoria. O estudo atribui essa escalada ao “enorme impulso” recebido durante a gestão do ministro da Educação no governo FH, Paulo Renato Souza, que permitiu “a flexibilização das regras” para a abertura de cursos e instituições e à universalização do ensino fundamental. O estudo não se detém, porém, na qualidade do ensino advindo tanto da expansão do ensino médio – em geral, público – e superior – na mão das privada$.

Commodity
A escalada do ensino superior privado, estimulada por Paulo Renato, fez o ingresso na rede particular de ensino superior a partir de 1997 crescer, em média, 17% ao ano. De 1997 a 2003, essa taxa de crescimento saltou para 154%. Os autores do trabalham, no entanto, alertam que esse avanço desenfreado, agora, tende a se desacelerar, obrigando as instituições a se adaptarem à diminuição do ritmo de crescimento de matrículas.
Diante desse quadro, o estudo aconselha as universidades privadas a profissionalizar sua gestão e diz que elas não poderão “ser vistas pelo mercado apenas como uma commodity”, o que as obrigaria a investir na segmentação: “Sem foco, as instituições não têm chance de sobreviver. É fundamental desenvolver diferenciais qualitativos”, diagnostica Oliver Mizne, diretor da Ideal Invest.
Ou seja, a partir de, agora, educação não pode ser apenas mercadoria.

Docência
Os cursos de mestrado profissionalizante em Economia e em Administração da Faculdade Ibmec/RJ estão com as inscrições abertas até o dia 8 de dezembro. O objetivo da especialização stricto sensu é iniciar a formação dos alunos nas atividades de pesquisa aplicada e docência, capacitá-los a exercer funções na direção de empresas, além de fornecer amplo conhecimento teórico e aplicado nas áreas de interesse. Informações e inscrições: (21) 3284-4000 ou www.ibmec.br/rj

Infarto
Presidente da Xerox do Brasil entre 1997 e 2002, Guilherme Bittencourt morreu no último dia 16, em Boston, Estados Unidos, decorrência de infarto agudo do miocárdio. Nascido em Portugal, na Ilha Terceira dos Açores, em 7 de março de 1948, Bittencourt era naturalizado brasileiro.

Sessentona
Rio de Janeiro, Nova York, Genebra. Estas são as três capitais do mundo escolhidas pelas Nações Unidas para festejar, em grande estilo, o sexagésimo aniversário da organização. Para isso, três concertos foram programados. O concerto do Rio acontecerá no dia 23 de outubro, no Theatro Municipal, e contará com um dos mais reconhecidos violoncelistas do mundo, o brasileiro Antonio Meneses, e com o maestro húngaro Moshe Atzmon, que vai reger a Orquestra Petrobras Sinfônica.

Acervo virtual
A partir de janeiro, os usuários da Biblioteca On Line do Sebrae (www.biblioteca.sebrae.com.br) poderão consultar o acervo físico do Sebrae em todo o país, composto por milhares de livros, revistas, artigos, dissertações, vídeos, entre outros materiais sobre gestão empresarial.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...