Propaganda&realidade

     
               
          Em conversas no meio jurídico, seus integrantes costumam comentar, em tom jocoso, que advogado não perde a causa; quem perde a causa é o cliente. A lembrança deve servir de alerta para investidores do mercado acionário que não gostam de rasgar dinheiro, ao ouvirem de advisers que devem excluir de suas carteiras as ações da Petrobras, a maior empresa do país e uma das principais companhias de energia do mundo. Tais conselheiros são os mesmos que, quando da troca na presidência do Banco do Brasil, aconselhavam os investidores a se livrarem do papel. Quem seguiu esse tipo de conselho perdeu 25,6%, em apenas um mês. Essa foi a diferença entre a cotação de R$ 18,85, no fechamento de 7 de abril de 2009 – um dia antes de o governo anunciar a mudança na direção do BB – e os R$ 20,21 em que o papel fechou em 7 de maio de 2009.

Volta à normalidade
Um dia depois do anúncio da cotação do barril do petróleo do pré-sal, os negócios com as ações preferenciais nominativas (PN) da Petrobras voltaram a superar os da Vale PN: R$ 742.560.377 contra R$ 515.656.596, com 30,5% a mais de volume. Num dia em que o Ibovespa recuou 0,39%, os papéis da estatal fecharam em alta de 1,81%, enquanto os da mineradora caíram 1,10%.

Pai cruel
João Claudino, candidato a suplente de senador pelo Piauí, apresentou declaração patrimonial no valor de R$ 630 milhões. É a segunda maior entre todos os candidatos às próximas eleições, perdendo para o vice de Marina Silva, o empresário Guilherme Leal, presidente da Natura. O filho de Claudino, João Vicente, candidato a governador do estado, apresentou declaração de apenas R$ 400 mil.

Banco 0800
Cliente bancário que faz apenas poucas operações dispõe, em qualquer banco, de um pacote de serviços essenciais, em que não há cobrança de tarifa. A oferta é obrigatória, determina resolução do Banco Central de 2007. Mas os bancos – por que será? – não têm interessem em divulgar o produto.
A conta não é tão “pelada” assim. Dá direito a: fornecimento de cartão com função débito, dez folhas de cheques por mês e até dois extratos contendo a movimentação do mês por meio de terminal de auto-atendimento; realização de até quatro saques, por mês, em guichê ou em terminal de auto-atendimento; consultas na Internet; duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês; e compensação de cheques. Os bancos podem cobrar taxa de renovação cadastral, que pode ser exigida a cada seis meses.

Liberado
A liberação, pelo TSE, da candidatura de Roseana Sarney ao Governo do Maranhão (não é reeleição, pois ela não foi eleita; assumiu a vaga do vencedor, Jackson Lago, cassado pela justiça eleitoral) responde a pergunta desta coluna e mostra que a Lei da Ficha Limpa apenas comprova o ditado: para todo problema complexo existe uma solução simples… porém equivocada.

Contra ou a favor?
Para quem quiser entender por que José Serra segue afundando nas pesquisas eleitorais, a reação do comando da campanha tucana à “plantação” de notícias sobre mudanças na Previdência Social que estariam sendo gestadas para um eventual governo de Dilma Housseff é extremamente didática. A campanha do PSDB resolveu processar Dilma, não por causa das intenções que lhe são atribuídas, mas por, supostamente, estar usando a estrutura de governo para sua plataforma eleitoral. Sobre o espinhoso tema da Previdência, se Serra é contra, a favor ou muito pelo contrário, nem um só palavra. É que tucanos costumam ser assim: se preocupam mais com brigas partidárias com petistas do que com as questões que mexem com os interesses dos brasileiros.

Pai Dinah
A um mês das eleições, vale lembrar para a imortalidade declaração enfática do presidente do Ibope, Carlos Augustos Montenegro, repetida inúmeras vezes, há menos de um ano: “Não existe a menor possibilidade de Dilma ser eleita presidente.” A profecia de Montenegro mostra como, cada vez mais, institutos de pesquisas se parecem com agências de rating: ambos só detectam a realidade depois que ela se instala.
     
           
     

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDinastia afegã
Próximo artigoPetrobras volta a acelerar

Artigos Relacionados

Engie valerá R$ 2,5 bi a mais após acordo com Aneel

Semana passada, o Monitor noticiou que a proposta da Aneel de repactuação do risco hidrológico (GSF) deixaria a conta a ser paga pelo pequeno...

Apelo de Biden ao multilateralismo fica sem crédito

Na ONU, presidente dos EUA desmente mundo dividido em blocos rígidos.

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Últimas Notícias

Eve desenvolverá modelo de operação de Mobilidade Aérea Urbana

A Eve Urban Air Mobility, empresa da Embraer, e a Bristow Group Inc. (NYSE: VTOL), líder mundial em soluções de voo vertical, anunciaram, nesta...

China: Ampliar apoio à energia verde agrada banco de investimento

O Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura (BAII) declarou que dá as boas-vindas ao anúncio da China de aumentar o apoio à energia verde...

XP: Preços de ativos podem sofrer na atual turbulência de mercado

Um dia depois do aumento de 1 ponto percentual da taxa básica de juros, a Selic (agora em 6,25% ao ano), pelo Comitê de...

Projetos de energias renováveis em substituição ao uso do diesel

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Eletrobras firmaram um Pacto de Energia para atuarem conjuntamente na busca de soluções...

Proposta atualiza regulamentação sobre as cooperativas de crédito

Texto em análise na Câmara dos Deputados promove uma série de modificações na Lei do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), abordando o Projeto...