Pré-Alca

Os produtores brasileiros de laranja denunciam nova investida protecionista dos Estados Unidos. Segundo o presidente da Associação Brasileira de Exportadores de Cítricos (Abecitrus), Ademerval Garcia, os norte-americanos só aceitam importar produtos livres do defensivo à base de dimetoato, usado contra as cigarrinhas no campo. “Esse produto está entre os 320 defensores agrícolas aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e não é ilegal”, diz Garcia.

Perigo na escola
A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), lançou, ontem em Brasília o livro Droga nas Escolas. O objetivo é contribuir para o debate e a definição de políticas públicas para enfrentar o problema. Foram entrevistados 50.049 alunos, 3.099 membros do corpo técnico-pedagógico e 10.225 pais de alunos. Segundo as pesquisadoras Miriam Abramovay e Mary Garcia Castro, cerca de 10% dos alunos bebem regularmente e cerca de 3% fumam diariamente.
Ainda segundo a pesquisa, 3% admitem consumir drogas ilícitas diária/ou quase todos os dias/ou nos finais de semana; 4,9% já experimentaram e não usam mais; e a grande maioria, 92% (4,3 milhões de alunos), disse nunca ter feito uso de drogas ilícitas. Porém, 2% consomem maconha; 0,6% (27,1 mil) usam cocaína/pó; 0,4% (19,7 mil) usam cola/inalantes; 0,3% (14,8 mil) e 0,4% (quase 18 mil), respectivamente, usam merla e crack; e 0,3% (12,2 mil) usam drogas injetáveis.

Sopa no mel
Até 1995 importador de mel, o Brasil passou a exportador e no primeiro semestre de 2002 vendeu US$ 5,3 milhões, crescimento de 88,7% sobre o ano anterior. O mel orgânico é hoje a única commodity com falta de oferta no mundo, escassez que deverá permanecer até o final da década, acredita o Banco do Nordeste, que já alocou R$ 76 milhões nos últimos dois anos para incrementar a atividade.

Literatura
Começou ontem o II Seminário de Estudos de Cultura e Literatura Brasileira, no Fórum de Ciência e Cultura da Univerisdade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), promoção conjunta com a Faculdade de Letras. Narrativa Moderna, Literatura e Violência, Teoria e Crítica Literária são alguns dos assuntos que serão abordados. Mais informações pelo telefone (21) 2295-1595 ramais 113 e 117 ou em www.forum.ufrj.br

Homenagem
O presidente do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Rio de Janeiro (Crea-RJ), José Chacon de Assis, recebe hoje, às 15h, no Palácio Tiradentes, o título de Benemérito do Estado do Rio de Janeiro. Chacon é engenheiro eletricista e, em março deste ano, foi reeleito coordenador nacional do Movimento da Cidadania Pelas Águas. Ambientalista, é autor dos livros Brasil 21 e Brasil Cidadão, nos quais critica o neoliberalismo e as políticas do FMI. A homenagem ocorreu por iniciativa do deputado estadual Wolney Trindade (PMDB-RJ),

Margem de erro
Não é apenas nas pesquisas eleitorais que as previsões do diretor do Ibope Carlos Augusto Montenegro passam a anos luz do alvo. Em entrevista à revista do Botafogo de 2000, Montenegro prometia aos torcedores, com direito a chamada na primeira página da publicação, que “o time do Botafogo não dará mais vexames”. A afirmação era uma alusão à péssima campanha no Campeonato Brasileiro de 1999, quando o clube escapou, na margem de erro, de cair para a segunda divisão. Apenas dois anos depois, com o alvinegro dirigido por uma diretoria apoiada por Montenegro, a previsão não poderia soar mais ironicamente amarga.

Com-tela
Durante dois meses (entre 10 de setembro e 10 de novembro), as famílias que vivem nos assentamentos do MST no Mato Grosso do Sul tiveram a oportunidade de assistir aos seguintes filmes: Sonho de Rose, Zagati, Tainá – Uma aventura na Amazônia, Decisão, Ilha das Flores, O Auto da Compadecida, Palace II, Onde São Paulo Acaba e O Menino Maluquinho. Os filmes foram escolhidos pelo MST e pela equipe do Cinema Voador. Foi a primeira vez que os acampados entraram em contato com a telona.

Artigo anteriorDesnacionalização
Próximo artigoRepasse
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da LGPD também deve frear a oferta de crédito a quem não pode pagar.

Mercado de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Neste ano, a expectativa é de que o setor obtenha uma nova elevação de 24%.

Consumo nos setores de turismo e diversão cresce em junho no Rio

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio, de acordo com a...

População de países emergentes fica ainda mais pobre

Perda de renda foi 2x maior que nas nações ricas.

Pagamento indevidos: TCU encontra 11% de inconsistências no INSS

‘Falhas afetam a confiabilidade do banco de dados’ de benefícios previdenciários.