Prêmio

As empresas que investem em segurança e saúde tiveram uma boa notícia durante o XXIV Encontro de Saúde e Segurança no Trabalho, promovido pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio). O diretor do Departamento do Regime Geral da Previdência Social do Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS), João Donadon, revelou que estas empresas deverão ter reduzida a alíquota do Seguro de Acidentes de Trabalho, enquanto as que não investem poderão ter o valor até dobrado, em relação ao que pagam atualmente.
A mudança, porém, deve demorar, porque os dados para decidir quem paga quanto só serão ser enviados pelas empresas a partir de 2006.

Por que Dirceu foi cassado
De capitão do time a expulso de campo a bengalada, o ex-deputado José Dirceu parece ainda não se dar conta das razões da sua cassação. Enlevado pela vontade desejosa de produzir uma memória que lhe superestima qualidades e obscurece defeitos, acaba por perder a compreensão da essência da derrota.
O fato de sua expulsão da Câmara coincidir com a divulgação do tombo do Produto Interno Bruto (PIB), de 1,2% no terceiro trimestre, sinaliza que a queda de Dirceu é mais emblemática do que fato isolado. Por uma dessas ironias do destino, perdeu o mandato no mesmo dia em que se deu a queda – ainda apenas simbólica – do ministro Antônio Palocci, cuja política econômica Dirceu defendeu com afinco.
Seu papel nesse processo foi, principalmente, atuar como anteparo interno no PT para evitar qualquer movimento efetivo pelo fim do continuísmo demandando pelas urnas, que para isso serviam seus arroubos retóricos em contrário.
O ocaso de Dirceu marca o fim das ilusões dos que intentam servir a dois senhores, ao conciliar um passado auto-idealizado e sua negação prática ao chegarem ao poder. A queda do PIB não foi a única coincidência com a sua queda. No dia seguinte, se comemoraram os 70 anos da morte de Fernando Pessoa. Ente outras obras primas, o poeta português nos legou “Consciência da pluralidade”, cujas estrofes iniciais – ainda que de intenções holísticas em lugar do pragmatismo do petista – ajudam a desvendar a dicotomia que vai na alma de Dirceu na sua queda inglória:
“Não sei quem sou, que alma tenho.
“Quando falo com sinceridade não sei com que sinceridade falo. Sou variamente outro do que um eu que não sei se existe (se é esses outros).
“Sinto crenças que não tenho. Enlevam-me ânsias que repudio. A minha perpétua atenção sobre mim perpetuamente me ponta traições de alma a um caráter que talvez eu não tenha, nem ela julga que eu tenha.”

Mudam os tempos
Não deixa de ser significativo que José Dirceu tenha sido cassado num regime (em teoria) democrático justamente por negar sua trajetória e ideais que o levaram a ser caçado pelo regime militar.

Imortal
O professor Paulo Alonso foi eleito para a Academia Carioca de Letras, na qual ocupará a cadeira número 16, que pertenceu ao acadêmico Silvio de Oliveira. Na próxima segunda, o professor desembarca em Portugal para autografar, junto com Ubirajara Pinto, o livro Sylvio Pinto, meu pai, meu amigo.

Pura
O motorista pode abastecer o carro em Campinas de olhos fechados. Pelo menos nenhum posto na cidade tinha irregularidades, segundo o Ipem-SP, que fez nesta quinta-feira a segunda parada sem autuações da fiscalização “De olho na Bomba” no município. Foram vistoriados 12 postos.

Rumo ao mar
Vem chegando o verão, e junto com ele os transatlânticos. Para aproveitar a ocasião, a consultoria em turismo Planet Work realiza uma oficina de animação para cruzeiros marítimos, nos dias 16 e 17 de dezembro, no Hotel Majestic, em Copacabana. Os melhores alunos serão selecionados para a MSC Cruzeiros. Informações pelos telefones (21) 3322-4459 ou 9941-0070, divisaodecursos@planetworkrio.com.br ou em www.planetworkrio.com.br

Artigo anteriorBomba
Próximo artigoCesp: ações da CTEEP e Emae
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

MPEs veem oportunidades geradas pela crise

Principal mudança foi alocação de recursos para trabalhar e atender remoto, seguida por investimentos em tecnologia para vendas não presenciais.

Mudança de sinais

Terça começou tensa para os mercados de risco no mundo; hoje, a expectativa para o dia é de Bovespa seguindo em recuperação.

Quatro conselheiros da Petrobras decidem deixar o cargo

Eles são representantes da União no Conselho da empresa, petrolífera divulgou nota ontem à noite.

Biden quer estados priorizando vacinação de professores

Presidente americano pediu que educadores recebam pelo menos uma dose de vacina.

PEC fiscal e lockdown ficam no radar em dia de PIB

Em Nova Iorque, as pressões dos treasuries e a queda das companhias de tecnologia tiveram forte impacto nas Bolsas.