PT recorre a TSE e PGR contra ameaça de Bolsonaro às eleições

Presidente fez 'ameaça velada' caso resultado de 2022 não seja do seu agrado.

O Partido dos Trabalhadores, através da presidente nacional, deputada Gleisi Hoffmann (PR), e dos líderes das bancadas na Câmara e no Senado, ingressou com 2 representações contra o presidente Jair Bolsonaro, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Procuradoria-Geral da República (PGR)

O PT denuncia as acusações sem provas de fraude no sistema eleitoral brasileiro, além de ameaças à democracia. As ações pedem a responsabilização penal, por improbidade administrativa e civil contra Bolsonaro.

Na quarta-feira, o presidente da República, em apoio velado à invasão do Congresso norte-americano, falou em fraude nas eleições dos Estados Unidos. Bolsonaro acrescentou que foi “roubado nas eleições de 2018” e que distúrbios piores poderão acontecer no Brasil em 2022 caso não seja adotado o voto impresso.

Segundo o PT, além de reafirmar as acusações infundadas de fraude nas eleições de 2018 – que o próprio Bolsonaro venceu – o presidente agrava a situação ao fazer uma ameaça velada caso o resultado da futura eleição em 2022 não seja de seu agrado. Página 3

Leia mais:

Fala de Bolsonaro sobre EUA é criminosa

Vacina que Bolsonaro é contra tem eficácia quase 80% contra a Covid

Artigos Relacionados

Covid: uma em cinco gestantes e puérperas mortas não tem acesso a UTI

Trabalhador que se recusa a tomar vacina contra a Covid-19 pode ser demitido por justa causa.

Taxar dividendos aumentou investimentos na França

Redução, nos EUA e na Suécia, só elevou distribuição de lucros.

Petroleiro tem maior produtividade da indústria no Brasil

Mesmo com setor extrativista, participação industrial no PIB caiu de 25% para 20%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

IPCA-15 apresentou alta de 0,72% em julho

Maiores contribuições vieram da categoria habitação (2,14%), que contribuiu com 0,32%, e de transporte (1,07%), que adicionou 0,22%.

Itaú Unibanco deixa administração da XP

Decisão foi tomada no último dia 23, após análise concorrencial e prudencial; cisão foi aprovada pelo Banco Central.

Abertura de mercado

Após fim de semana tenso, segunda é sempre de trégua, pela ausência de parlamentares em Brasília, quanto mais em período de recesso.

Covid: uma em cinco gestantes e puérperas mortas não tem acesso a UTI

Trabalhador que se recusa a tomar vacina contra a Covid-19 pode ser demitido por justa causa.

ENS abre inscrições de Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Inscrições começaram nesta segunda-feira.