Purgação eleitoral

Ao participar de recente debate televisivo, a deputada federal Laura Carneiro (PFL-RJ) deu a dimensão do estrago causado no capital eleitoral dos parlamentares que votaram pelo desmonte da CLT:  “A lista da CUT funcionou. Só nove sobreviveram”. A lista a que se refere a parlamentar, uma das sobreviventes da vingança do eleitorado, circulou amplamente, via Internet e em cartazes, com os nomes dos deputados que votaram a favor da redução de direitos trabalhistas, como FGTS, 13º e férias.

Alta voltagem
O aumento extra da tarifa de energia que aguarda no forno do Planalto para ser liberado depois do segundo turno terá o efeito de um curto-circuito no bolso do consumidor brasileiro. Em oito anos de governo FH, a energia elétrica acumula alta de 368%.

Cativo
Ao comentar que é melhor permanecer cativo do que livre no mercado de energia elétrica – se referindo à relação entre grandes consumidores e distribuidoras – o especialista em planejamento energético da Coppe/UFRJ Maurício Tolmasquim comparou: “É melhor ser escravo do que receber o atual salário mínimo”.

Cartão de visitas
Em lugar de promessas ao mercado financeiro incompatíveis com a retomada do crescimento, Serra e Lula são devedores de sinalizações menos retóricas para eleitores arredios com considerações de campanhas. Por exemplo, deixar clara a posição de cada um sobre a correção da tabela do Imposto de Renda em 27,5%, decisão soberana do Congresso Nacional que o governo FH insiste em descumprir.

Clã
Aliás, o autor do dúbio parecer ao qual se agarram Malan & Cia. para descumprirem a correção da tabela do Imposto de Renda é o deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ). Filho do prefeito César Maia, que, apenas dois depois das eleições, aumentou, pela segunda vez em quatro meses, o preço das passagens de ônibus. Não por acaso, os candidatos de ambos a presidente da República e ao governo do estado amargaram votações abaixo de 10% no Rio.

Boato
O Bradesco desmentiu ontem mensagens que circulam pela Internet avisando de supostos problemas de segurança no sítio do banco na Internet. O banco nega qualquer risco de fraudes e não recebeu reclamação feita por cliente. Informa ainda que desconhece a existência de qualquer sítio espelho, que levaria um internauta menos atento a informar os dados de conta-corrente (inclusive a senha) para espertalhões. Segundo o Bradesco, o sítio verdadeiro não sofreu invasão de hackers (piratas da era da informática). O banco informou que está apurando para tentar chegar à origem do boato virtual.

Educação
O professor Paulo Alonso, pró-reitor do Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro (UniverCidade), será agraciado com o Prêmio Personalidade Educacional 2002, concedido pela Associação Brasileira de Educação e pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no próximo dia 17, no Jockey Club do Rio de Janeiro.

Lula lá
O deputado estadual Paulo Ramos (PDT), que irá exercer o seu segundo mandato na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) a partir de 2003, terá como prioridade para a próxima legislatura a valorização do servidor público e a aprovação do plano de carreira  da Fundação Leão XIII, do Desipe e do Degase, além da segurança pública. Até o fim deste ano, ele estará mobilizando a bancada pedetista para aprovar o orçamento estadual de 2003, que ainda se encontra em discussão na Alerj. “O meu projeto imediato, que já está em andamento, é eleger o Lula presidente do Brasil”.

Aniversário
A agência de publicidade Aroldo Araujo completa amanhã – Dia das Crianças e da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida -, 38 anos de fundação. Como peça promocional, uma criativa gaivota feita em papel.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTá fora
Próximo artigoMais humildade

Artigos Relacionados

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Governo sabota emprego doméstico

Desconto no Imposto de Renda, que acabou, incentivava a assinatura da carteira.

Últimas Notícias

Volume de sedãs cai nos últimos anos

Onix Plus foi o mais vendido em 2021, apesar da crise dos semicondutores.

Sindicatos defendem política pública para tratar dos combustíveis

Melhor alternativa é considerar todas as etapas e beneficiar o consumidor

Redução dos impactos socioeconômicos das mudanças climáticas

Engajamento necessário de todos os atores sociais, especialmente das empresas.

O cenário da construção civil para 2022

Por Victor Gomes.

Sai edital da primeira desestatização de portos no país

Em Vitória a capacidade de movimentação portuária é de 7 milhões de toneladas