Quase R$ 6 tri

     
          A União despendeu, de 1988 a 2009, R$ 5,7 trilhões no serviço das dívidas interna e externa, em valor atualizado, por juros, encargos e amortizações, não contadas a rolagem. O cálculo foi feito, com base em dados oficiais, pelo doutor em Economia Adriano Benayon. Ele destaca “a assustadora velocidade de crescimento desse serviço”. A elevação foi de 15% de 2007 para 2008 (R$ 280 bilhões) e de 35% de 2008 para 2009 (R$ 380 bilhões), em preços correntes.

Avalanche
Uma em cada três empresas não sabe como gerenciar os crescentes volumes de dados nas suas aplicações corporativas. É o que mostra estudo da Informatica Corporation realizado com usuários de um software de banco de dados. O problema do aumento do volume de dados é agravado por regras e políticas que exigem que tais informações permaneçam acessíveis por longos períodos. Pelo levantamento, 60% mantêm os dados por sete anos ou mais.

Resultado
Filme postado no Youtube, noves fora a vinculação entre a privatização argentina e o que seria um possível Governo José Serra, traz números impressionantes sobre o desastre neoliberal de Menen. De 36 mil km de estradas de ferro, restaram 8 mil km; 80 mil, dos 95 mil postos de trabalho no setor ferroviário, foram eliminados. Dez anos após a privatização, o Estado paga mais subsídio que antes e deve ao Bird US$ 700 milhões. O vídeo está em www.youtube.com/watch?v=mHKWoE8qyu0&feature=player_embedded

Unanimidade
Silvio Carvalho, superintendente da empresa Carvalhão, foi eleito por unanimidade presidente do Conselho Empresarial da Representação Regional da Firjan na Baixada Fluminense, Área II.

Descentralizar
O governador Sérgio Cabral inaugura nesta terça-feira, em Macaé, a 12ª delegacia regional da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja). As delegacias estão sendo implantadas com o objetivo de agilizar o atendimento a empreendedores e contadores dessas localidades. A Delegacia de Macaé funcionará no prédio da Associação Comercial e Industrial da cidade (Av. Rui Barbosa, 270/ 4º andar – Centro).

Coisa rara
Fiel ao princípio de que notícia é a narrativa de fatos extraordinários, esta coluna divide com seus leitores experiência, no mínimo, incomum, vivida nesta segunda-feira à tarde. Em viagem ao Centro do Rio, de metrô, deu-se o excepcional: o serviço funcionou! Não houve paradas foras das estações nem retirada de passageiros do carro para esperarem longos minutos por outra composição. Além disso, na ida, o ar-condicionado funcionou. Claro que, se tratando do padrão oferecida pela concessionária do Metrô Rio, nem tudo é perfeito; na volta, o ambiente no vagão era de sauna, embora as viagens tenham sido realizadas fora do horário de rush,

Fio solto
Sem muito alarde, Astrogildo Quental deixou, dia 30 passado, a Diretoria Financeira da Eletrobras. Ao contrário de Flávio Decat, que deixou a diretoria da estatal no mesmo dia, a saída de Astrogildo não era esperada. A alegação oficial é que o ex-diretor Financeiro, indicado por Sarney e muito amigo da família do presidente do Senado, irá para o setor privado. Mas ele prefere não revelar para qual empresa irá. Comparando novamente, todos sabiam que Decat vai, passado o período de quarentena, para a Celpa, do grupo Rede. Armando Casado, braço direito de Astrogildo, ocupa o cargo.

Seletivos
Quando será que o Brasil verá um ambientalista protestando contra a construção de termelétricas? Ao mesmo tempo em que buscam retardar, sob as mais diversas alegações, o funcionamento de novas hidrelétricas, esse tipo de ativista parece não se sensibilizar com a imensa poluição provocada pelas termelétricas.
     
     

Artigo anteriorOs culpados
Próximo artigoO exemplo de Dakota
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Campos marítimos do pós-sal estão em decadência

Os campos marítimos do pós-sal já produziram cerca de 16 bilhões de barris de óleo equivalente ao longo de sua história, ou seja, 63%...

Motoboys protestam em São Paulo

Entregadores tomaram ruas de São Paulo contra baixa remuneração e péssimas condições de trabalho

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.