Quem diria, FMI aplaude investimento público

A economia filipina continua a apresentar forte desempenho, com crescimento projetado em 6,5% para 2018 e 6,7% em 2019. A razão, em parte, se...

A economia filipina continua a apresentar forte desempenho, com crescimento projetado em 6,5% para 2018 e 6,7% em 2019. A razão, em parte, se deve ao robusto investimento público, admite ninguém menos que o Fundo Monetário Internacional (FMI) em sua mais recente avaliação econômica anual do país asiático. O aumento do investimento público nas Filipinas é essencial para sustentar o crescimento a longo prazo e reduzir a pobreza, explica o relatório do FMI. O aumento das receitas e a realocação de gastos de programas não prioritários podem apoiar a expansão contínua do investimento público e dos gastos sociais.

O investimento público, se bem gerido e direcionado, pode ajudar a impulsionar a produtividade geral, estimular o investimento privado e reduzir a pobreza criando empregos. Ao mesmo tempo, a gestão do investimento público deve ter como objetivo maximizar o retorno de grandes projetos de infraestrutura, inclusive por meio de uma avaliação mais rigorosa dos projetos e do incentivo à concorrência efetiva nas aquisições”, reconhece o FMI.

Mas o país enfrenta desafios decorrentes do aumento da inflação, condições financeiras globais mais apertadas, assim como pobreza persistente e desigualdade. Os preços vêm sendo pressionados por impostos mais altos, aumento dos custos globais do petróleo, moeda mais fraca e desafios na gestão A baixa oferta de arroz está impulsionando a inflação. O Banco Central aumentou a taxa de juros três vezes este ano. O que leva a outro problema: o crédito, que apoia o consumo, mas atualmente está superando o crescimento econômico.

JC Cardoso, de Beijing

Estrangeiro

A grande dificuldade que chineses (e estrangeiros não lusófonos) têm em falar o meu JOÃO Carlos sai com facilidade ao falar JOÃO Havelange, aliás, um nome do futebol brasileiro bem conhecido aqui (até mesmo por estrangeiros), assim como Pelé, Ronaldo, Zico (menos) e… fechando a lista, Neymar (paroxítona) e Fagner (pronunciado à francesa). Só que acham que Havelange não era brasileiro…

 

Como está seu mandarim?

Alguns países, como são pronunciados. Arrisca dizer quais são?

Bilu, Baxi, Agentíng, Weineiruìla, Wulagwi, Balagwi, Eguaduoer, Bolìweiyá, Gelunbiyá, Zhìlì, Banamǎ, Hóngdulasi, Saěrwǎduo,Weidìmala, Gesidá Lijiá, Gubá, Yamaijiá, Haidí, Duominijiá Gong Heguô, Telìnidá Hé Duobague, Baimuda, Kulasuodao, Aluba, Putaoyá, Xibanyá, Faguô, Yìdalí, Dâguô, Fandìgang, Monaguê, Helán, Bilishí, Xilá, Yingguô, Nuowei, Fenlan, Moxiguê, Meiguô, Jianadá, Moluoguê, Aiji, Angla, Sudan, Mosangbike, Yineiyá, Wugandá. Fu De Jiao, Xulìyà, Libanen, Yiseliê, Yuedan, Yilang, Yilake, Aodalìya, Xinixlan, Yindu, Bajistan, Sililanká, Yuenán, Zhongguô.

Respostas: Peru, Brasil, Argentina, Venezuela, Uruguai, Paraguai, Equador, Bolívia, Colômbia, Chile, Panamá, Honduras, El Salvador, Guatemala, Costa Rica, Jamaica, Haiti, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Bermuda, Curaçau, Aruba, Portugal, Espanha, França, Itália, Alemanha, Môncaco, Holanda, Bélgica, Grécia), Inglaterra, Noruega, Finlândia, México, EUA, Canadá, Marrocos, Egito, Angola, Sudão, Moçambique, Guiné, Uganda, Cabo Verde, Síria, Líbano, Israel, Jordânia, Irça, Iraque, Austrália, Nova Zelândia, Índia Paquistão, Sri Lanka, Vietnã e China.

 

Onda

Mamahuhu quer dizer “mais ou menos” em mandarim. Mas juro que parece nome de praia do Havaí.

 

Rápidas

O Dia Mundial do Coração é comemorado em 29 de setembro, este sábado. Quase duas em cada dez mortes (19%) por doenças cardiovasculares são causadas pela poluição do ar, um total de 3 milhões de mortes no mundo a cada ano, calcula a Federação Mundial do Coração (WHF). No mundo, são mais de 17,5 milhões de mortes por doenças cardiovasculares a cada ano *** O CEO do Grupo Epicus, Sérvulo Mendonça, o diretor de vendas da Stone, Mateus Biselli, e o economista Ricardo Amorim serão alguns dos palestrantes do We Are Omie, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, dia 4. O congresso abordará a força do empreendedorismo brasileiro *** O Shopping Jardim Guadalupe recebe a grande final do Festival Revela Gospel nesta segunda, às 17h *** Nesta terça-feira, oficina na Fiesp discute preço dos combustíveis no Brasil, das 9h às 12h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais