Quem é anticapitalista?

Alexandria Ocasio-Cortez, a deputada democrata norte-americana vista como comunista, detalhou no Twitter a pauta que os críticos estão chamando de extrema-esquerda radical: Medicare (mistura de SUS com seguro-saúde) para todos; salário decente e direitos trabalhistas; colégios públicos; 100% de energia renovável; não ferir os imigrantes; controle sobre Wall Street.

Trata-se de uma pauta que, cinco décadas atrás, seria adotada por qualquer candidato republicano nos Estados Unidos (exceção do Medicare, talvez). Não é diferente do Brasil. As propostas que estão sendo implementadas pelos ultraneoliberais no governo visam somente desmontar uma rede de direitos e proteções que moldou o mundo na segunda metade do século passado. E com sucesso.

As maiores taxas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro ocorreram em períodos em que direitos trabalhistas eram implantados (segundo mandato de Getúlio Vargas, por exemplo, com taxa média de 6,2%) ou consolidados (Juscelino, 8,1%). Até mesmo na ditadura militar (Médici tem maior taxa média anual real, com 11,9%).

A precarização do trabalho vai contra até mesmo o que dizem os gurus norte-americanos da administração. Isso não significa que deve-se ignorar transformações como possibilidades de trabalho virtual e outras inovações. Não se pode é usar as mudanças como álibi para voltar ao início da Revolução Industrial. Isso, sim, é contra o capitalismo.

 

Dia do Ciclista

Nesta segunda-feira, é celebrado o Dia do Ciclista. A modalidade está em alta no país, mas o desrespeito às regras de trânsito aparece no número de acidentes. No ano passado, 11.741 brasileiros foram internados por terem se envolvido em episódios com bicicleta, o que gerou um custo de mais de R$ 14 milhões ao Sistema Único de Saúde (SUS), calcula a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT).

Infelizmente não há dados sobre quantas dessas pessoas ficaram com sequelas irreparáveis”, alerta o presidente da entidade, Moisés Cohen. A SBOT está fazendo campanhas online e presenciais neste mês para conscientizar e incentivar a população a pensar e agir com cidadania e segurança.

A data de 19 de agosto é uma homenagem ao biólogo brasiliense Pedro Davison, de 25 anos, que morreu atropelado em 2006, em Brasília, enquanto pedalava no Eixão Sul, que é fechada ao tráfego de veículos aos domingos para se transformar numa área de lazer.

 

Apocalipse não!

Não se sabe até onde vai a segurança das operações policiais e onde começa a tendência do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, de assumir o papel de Rambo. O certo é que a Ordem dos Advogados do Brasil – RJ vai ajuizar uma ação civil pública contra a resolução que determinou o sigilo por 15 anos do Manual Operacional das Aeronaves da Secretaria de Estado da Polícia Civil.

A OAB-RJ entende que tal decisão afronta os princípios da publicidade e da transparência dos atos da administração pública e fere a Lei de Acesso à Informação. “É direito da sociedade saber quais os critérios que regem o uso de helicópteros em ações de confronto, quais as circunstâncias em que atiradores são autorizados a agir, quais os cuidados e precauções tomados para proteger a população e diminuir riscos. A natureza secreta desse documento impede o acompanhamento e controle pela sociedade da atividade policial”, alega a OAB-RJ.

 

Rombo no Orçamento

As operações compromissadas, conluio entre Banco Central e mercado financeiro com a desculpa de controle da oferta da moeda, pesavam 3% do PIB em 2006; no ano passado, passou de 17% do PIB. Mamata que independe de governos: FHC, Lula, Dilma, Temer, e agora Bolsonaro.

 

Rápidas

Thomas Tosta de Sá, presidente do Comitê para o Desenvolvimento do Mercado de Capitais, faz palestra sobre “Desafios do Capitalismo”, dia 26, às 10h30, na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) *** Neste sábado acontece a primeira edição deste mês do festival Quem Dança é Mais Feliz, no Shopping Nova Iguaçu; dia 31, o tema será “Danças Urbanas”. Sempre às 15h *** O projeto Busucão estará no Caxias Shopping neste sábado, das 10h às 16h, para adoção e vacinação de cães e gatos *** O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participa do III Congresso Nacional de Direito Agrário, que o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) realizará, 22 e 23 de agosto, na Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP). Inscrições em iabnacional.org.br

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

Mortes dos essenciais

Aumentam em mais de 50% óbitos de caixas, frentistas e educadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

‘Eu quero uma casa no campo…’

Êxodo urbano: mais de 1,3 milhão de famílias brasileiras pretendem migrar para áreas rurais.

Direita vence no Equador

Banqueiro Guillermo Lasso vence socialista Andrés Arauz no segundo turno da eleição.

Mercados internacionais abrem com cautela

Enquanto isso acontece lá fora, aqui Ibovespa ensaia leve alta.

Semana começando sob tensão

Desde a semana passada, segue a novela do Orçamento.

Eleição no Peru está indefinida. Empate técnico entre 5 candidatos

Primeiro turno será no domingo. segundo turno está previsto para o dia 6 de junho.