Quem não faz, leva

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) encerrou sua participação no plenário terça-feira sugerindo ao “caro presidente (do BC) Henrique Meirelles” – que observara que “não dá para criticar o goleiro porque não faz gol” – que “quem sabe será muito bom para todos nós se ele puder se imbuir do exemplo e do espírito do goleiro Rogério Ceni, do São Paulo Futebol Clube, que, mais uma vez neste ano, além de defender a sua meta muito bem, também tem colaborado para que sua equipe se torne campeã brasileira com a marcação de inúmeros gols”.

Estatistas seletivo$
Para o coordenador da Cátedra e Rede Unesco/ONU de Economia Global e Desenvolvimento Sustentável (Reggen), Theotonio dos Santos, os economistas neoliberais brasileiros não podem ser classificados como conservadores: “Essa gente que domina a economia há mais de 20 anos é irresponsável e aventureira. Nossa taxa de juros é administrada, não vem do mercado. É intervencionismo estatal do mais alto nível que se possa imaginar, no interesse de um pequeno grupo de rentistas. Mercado são as pessoas que consomem e as que demandam recursos para investimento”, define, acrescentando que o país precisa de uma política industrial que dê competitividade à indústria e garanta a produção de bens de consumo de massa e habitação para a população.

Autópsia
Em decisão unânime, em conforme com o voto do relator, ministro José Delgado, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou que, para ter registro de jornalista, é preciso ter diploma de nível superior em Jornalismo. A decisão foi tomada ao rejeitar mandado de segurança contra portaria do Ministério do Trabalho impetrado por um médico que queria virar jornalista sem passar pela faculdade adequada. Ao rejeitar o pedido, o relator destacou que a profissão de jornalista é regulada pelo Decreto-Lei 972, de 1969, que tornou obrigatório o diploma para exercício da profissão. Delgado lembrou que a regulamentação da profissão já assegura a possibilidade de registro especial para colaborador que, sem vínculo empregatício e mediante remuneração, produz trabalhos técnicos na área.

Remédio motorizado
Os municípios fluminense que ainda não têm uma farmácia popular, onde os medicamentos são vendidos a R$ 1, são o alvo do projeto Farmácia Popular Sobre Rodas, do deputado Pedro Augusto (PMDB). Aprovado nesta terça-feira, prevê a adaptação de carretas para receber uma unidade móvel da farmácia. “Já conversei com o governador eleito, e o Sérgio Cabral assumiu este compromisso comigo”, disse o deputado. O projeto será enviado para a governadora Rosinha Garotinho, que tem 15 dias úteis, a partir do recebimento, para sancioná-lo.

Irresponsabilidade fiscal
Antes de apresentar publicamente seu plano de reduzir em um ponto percentual por ano os gastos públicos em custeio, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, deveria explicar ao eleitorado quanto isso vai custar em verba a menos para o controle do tráfego aéreo.

Irresponsabilidade fiscal – II
Aliás, o apagão do espaço aéreo vivido pelos brasileiros no curto intervalo de dois feriados é apenas a manifestação no ar do colapso do transporte rodoviário e fluvial já institucionalizados graças às políticas fiscais de Mantega e seus antecessores nos últimos 16 anos de cortar gastos de custeio.

Trabalho
Os funcionários da Cedae, estatal que distribui água e esgoto no Estado do Rio de Janeiro, podem ir se preparando para muito trabalho a partir de janeiro. Isso porque o futuro presidente da empresa, atual secretário de Energia fluminense, costuma chegar na secretaria antes das 7h e sair depois das 22h.
Além disso, os empregados da sede da Cedae podem preparar os casacos: a temperatura na Secretaria de Energia é mantida baixa como na Islândia.

Rumo
Nilo Sérgio, vice-presidente da companhia de turismo do Rio de Janeiro (RioTur), sai na frente para ser o presidente da Embratur no novo Governo Lula.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDesaparecido$
Próximo artigoEmpreendedores

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Conversa com Investidor: BrasilAgro (AGRO3)

Por Felipe Cavalcanti, analista da Trade Machine

Eleitores brasileiros no exterior

Por Bayard Boiteux

‘Vices’ assumem e dão show de competência

Por Sidney Domingues e Sérgio Braga.

PEC 05, verdadeiro ataque à independência do MP

Por Paulo Alonso.

Como começar um negócio alinhado com a pauta ESG

Por Jandaraci Araújo.