Quem paga a conta

Em recente debate, o presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), Vilson Antonio Romero, concordou que o “fluxo de caixa do INSS” precisa de alguns ajustes, mas defende que, antes de se exigir mais anos de contribuição dos trabalhadores, o governo deveria rever as políticas de desoneração e de renúncias previdenciárias; impedir a desvinculação das receitas destinadas aos programas sociais e à Previdência; cobrar a dívida bilionária que várias empresas têm com o INSS, entre outras opções que ele espera que sejam debatidas no Congresso Nacional. Em matéria no site da Abrasco, Romero sugere: “Pode-se, por exemplo, revisar a alíquota da contribuição paga pelos empresários do agronegócio. Sabemos da importância econômica do setor, mas temos que chamar esses empresários a contribuir um pouco mais. Hoje, a Previdência rural arrecada cerca de R$ 7 bilhões e paga algo como R$ 90 bilhões em aposentadorias e pensões. Só em 2016, o governo renunciou a R$ 70 bilhões”, acrescentou.

Romero ressalta que a Previdência não é uma mera questão matemática. “Considerando a Previdência como parte do sistema de seguridade social, não há déficit. Pelo contrário. O total de recursos que a União arrecada para custear toda a seguridade social é superior aos gastos. Só em 2014, sobraram no caixa R$ 54 bilhões. Em 2015, sobraram mais R$ 11 bilhões. Mas esses recursos têm sido empregados para outros fins, como o pagamento da dívida pública”.

Boi expiatório

O pum do boi já foi levou a culpa de acelerar o aquecimento global. Agora, querem atribuir ao pobre animal de quatro patas – ou melhor, à ação do homem e da PF sobre o ruminante – a responsabilidade pelo freio ao fantástico crescimento econômico que, garantia o governo, o Brasil já estava preparado.

Pagou o pato

A Fiesp retirou de sua sede o pato amarelo, símbolo do golpe que colocou Temer na presidência.

Negócio fechado

De janeiro de 2006 ao mesmo mês de 2017, a indústria de transformação paulista fechou 512,5 mil empregos.

Corpo carioca

A cerimônia de entrega do Prêmio Embaixador do Rio será em 12 de abril, na Confederação Nacional do Comércio. Serão homenageados, entre outros, o cônsul-geral dos EUA, James Story, Yvonne Bezerra de Mello e Jorge Salomão, que se juntarão aos demais embaixadores – entre os quais o titular desta coluna.

A iniciativa é de Carlos Serpa, presidente da Fundação Cesgranrio, e do professor Bayard Boiteux, com apoio da Sergio Castro Imóveis e da Preservale.

Cartas na mesa

O site do Pokerstars está convidando jornalistas para participar do Press Poker Club, um torneio gratuito lançado na plataforma, exclusivo aos profissionais da imprensa que gostam de jogar pôquer. O convite não “bateu” bem.

Crise

O Sesc Rio demitiu 81 funcionários nesta semana.

Rápidas

O presidente do Banco Central, professor Ilan Goldfajn, ministra, nesta sexta, aula inaugural do curso de Graduação em Economia da EPGE – Escola Brasileira de Economia e Finanças da FGV *** Também na sexta é comemorado o Dia Mundial de Combate à Tuberculose. São registrados 70 mil novos casos por ano e aproximadamente 4,5 mil óbitos no Brasil. A pneumologista da Aliança Instituto de Oncologia, Lícia Stanzani, adverte que é necessário realizar o tratamento durante todo o período mesmo diante da aparente melhora, caso contrário a doença pode voltar ainda mais forte *** Um ato político-cultural marcará a comemoração de 95 anos do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) na cidade onde a organização foi fundada, Niterói (RJ). O Teatro Popular Oscar Niemeyer foi o espaço escolhido para o evento, que ocorre neste sábado, a partir das 15h *** A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) e a Faculdade de Direito do IDP São Paulo lançaram, nesta quarta-feira, em Florianópolis, o grupo de estudos “Inteligência Artificial a Serviço da Investigação”, com a participação de especialistas em tecnologia da informação e uso da inteligência artificial *** A Faculdade Cesgranrio realiza, nos dias 1 e 8 de abril (sábados), o curso “Atendimento ao Cliente”, com duração de 16 horas. Mais informações em faculdade.cesgranrio.org.br *** A feira de adoção de animais estará no Shopping Jardim Guadalupe (RJ) neste sábado *** O Brasillis Idiomas está com novas turmas para o curso online de Tradução de Games, com início em 28 de abril. Informações: brasillis@brasillis.com.br *** O IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio realiza, na próxima terça-feira, às 19h, a palestra “Governança do Futebol: Tendências e Novos Padrões”. O palestrante será o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello. As inscrições podem ser feitas através do http://bit.ly/PalestraFlamengo *** A Fundação Getulio Vargas nem sempre honra seu patrono: o novo prédio que inaugura dia 27, em Botafogo (Zona Sul do Rio de Janeiro), para abrigar a Ebape, será batizada com o nome do economista Roberto Campos, mais conhecido, por sua simpatia com os EUA, como Bob Fields.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preço do diesel avança pelo quarto mês consecutivo

Combustível ultrapassou R$ 4 em fevereiro e os dois tipos, comum e S-10, registraram valores acima de todos os meses de 2020.

Antítese da véspera

Ontem o dia foi completamente diferente da terça-feira, em que começamos o dia raivosos, suavizando mais tarde.

Rio fecha bares à noite e adota toque de recolher

Bares e restaurantes agora só podem funcionar das 6 às 17h; em SP, diretor do Butantan defende que estado seja colocado em fase mais restritiva.

PEC emergencial e pedidos por seguro-desemprego

Mercados europeus fecharam mistos na quarta-feira; indicadores da Zona do Euro tiveram desempenho acima do esperado.

Setor de eventos terá parcelamento e isenção de impostos

Projeto foi aprovado pela Câmara e segue para o Senado.