Quem paga o pato

Quem declara Imposto de Renda com rendimento acima de 40 salários mínimos tem 42% do total de bens informados à Receita,...

Quem declara Imposto de Renda com rendimento acima de 40 salários mínimos tem 42% do total de bens informados à Receita, enquanto os hiper-ricos, aqueles que recebem acima de 160 salários mínimos, possuem 21,70% do patrimônio. Estes números refletem a desigualdade do sistema tributário brasileiro, salienta Francisco Arrighi, diretor da Fradema Consultores Tributários. A renda e o patrimônio dos contribuintes não é tributada de maneira adequada, o que aumenta consideravelmente as injustiças. “No Brasil o assalariado, ou aquele que recebe rendas diretas em sua pessoa física, paga em média 50% de impostos diretos sobre tudo que consome.”

De acordo ainda com Arrighi, mesmo que uma nova fórmula de tributação não seja desenvolvida, em um novo código nacional, uma alternativa seria copiar a metodologia de outros países, simplificando os impostos e tornando o sistema arrecadatório mais eficiente. Neste método o comerciante poderia ser o agende arrecadador, como acontece nos EUA, onde se destaca preço de produto e imposto.

É valido lembrar, destaca Arrighi, que, com a intensa reação dos setores da elite, representada pelo jargão “Não vou pagar o pato”, o país segue arrecadando uma quantia desigual de impostos, onde cerca de 60% do total se dá por meio da tributação embutida no consumo da grande população, e apenas 40% incide sobre a renda e patrimônio.

 

Vilões e heróis

O glúten é um dos vilões da moda na área de alimentos. Mas os produtos sem a proteína não podem ser considerados bons por si só. Pães sem glúten têm em geral conteúdo mais alto de lipídios e ácidos graxos saturados. As massas apresentam significativamente menos açúcar e proteínas. Os biscoitos sem glúten contêm menos proteínas e mais lipídios.

Em resumo, segundo resultados de estudo apresentados na 50ª edição do Congresso Anual da Sociedade de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica, os itens sem glúten possuem um conteúdo significativamente mais alto de energia e uma composição nutricional diferente de seus equivalentes que contêm glúten. Assim, é preciso produzir formulações especiais para atingir o mesmo conteúdo nutricional.

 

Parceria em alta

O governo chinês tem investido em estudos da biodiversidade do país. Um deles em parceria com a brasileira Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). “Peixes cavernícolas da China: morfologia e comportamento” está sendo realizado pela professora Maria Elina Bichuette, do Departamento de Ecologia e Biologia Evolutiva da UFSCar em parceria com Yahui Zhao, do Institute of Zoology da Chinese Academy of Sciences (CAS), em Pequim (China), e Daphne Soares, do New Jersey Institute of Technology (NJIT), nos Estados Unidos.

A pesquisa terá duração total de um ano. A professora brasileira ficará cerca de sete meses na China desenvolvendo trabalhos de campo e coletando amostras de peixes cavernícolas e outros grupos de animais. “Os resultados serão inéditos, pois faremos coletas em áreas ainda não investigadas quanto à biodiversidade subterrânea”, ressalta Maria Elina.

 

Rápidas

O economista Roberto Troster fará palestra no 27º Congresso da Movergs, 13 de julho, no Salão Malbec do Dall’Onder Grande Hotel. Mais informações em www.movergs.com.br/congresso *** Na próxima quinta-feira, a Faculdade de Direito do IDP São Paulo realiza seminário para tratar de colaboração premiada. Entre os participantes, o procurador da República em São Paulo Rodrigo De Grandis e o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Carlos Eduardo Sobral. Informações pelo telefone (11) 2050-0195 *** A campanha de doação de agasalhos das Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo acontece até 31 de julho. Já foram arrecadados mais de 100 mil sacos de 100l de agasalhos O Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas reúne nesta quinta, das 9h às 17h, em São Paulo, especialistas para debater “Saneamento: investimento social de alto impacto”. Inscrições: http://bit.ly/saneamento2017 *** O tributarista André Mendes Moreira, professor da UFMG e sócio do Sacha Calmon – Misabel Derzi Consultores e Advogados, fará palestra no XVI Congresso de Direito Tributário em Questão, organizado pela Fundação Escola Superior de Direito Tributário em Gramado (RS) de 30 de junho a 2 de julho *** No próximo dia 30, às 9h, a advogada e psicóloga Alexandra Ullmann, especialista em Direito de Família, e a psicóloga Renata Bento, membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro e perita em Vara de Família, debatem “A escuta de crianças e famílias em litígio – o laudo e o tratamento, para que servem? Uma visão interdisciplinar. A discussão faz parte da Jornada sobre Guarda Compartilhada e Alienação Parental, organizada pela SBP-RJ de 29 de junho a 1º de julho, no Leblon (Av. Ataulfo de Paiva, 135 / 18º andar). Mais informações: www.sbprj.org.br

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO exemplo da China
Próximo artigoRoubo fantasma

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...