Quem rasga dinheiro?

Os seguidores dos conselhos de colunistas de economia que confundem dogmatismo ideológico com realidade continuam a perder dinheiro ao não aproveitar as oportunidades. Foi o caso de quem acreditou nas profecias catastrofistas sobre a performance das ações do Banco do Brasil após a troca na presidência do banco, anunciada em 7 de abril passado. No primeiro dia após o anúncio, o papel fechou a R$ 17,61, após recuar 8,15%, perdendo mais 2,8% no dia seguinte. A queda superior a 10% em apenas dois pregões foi estimulada por fortes movimentos especulativos. No dia 10, porém, a cotação praticamente voltou ao mesmo nível do dia 8. Nesta terça, 18 de agosto, fechou a R$ 24,92, ganho de 41,5%, em pouco mais de quatro meses, que, porém, deixou de ser embolsado pelos influenciados pelos terroristas econômicos de plantão.

Acusação
A Cedae, estatal de saneamento do Rio de Janeiro, estaria descumprindo sistematicamente cláusulas do acordo coletivo e determinações do Ministério Público do Trabalho. A denúncia foi feita pelo sindicato dos trabalhadores (Sintsama), que afirma que tem havido um número exagerado de acidentes de trabalho. O sindicato cita como casos mais graves “recentes a morte de três trabalhadores, em Paquetá, asfixiados por gás metano, e outro com ferimentos de queimadura em 40% do corpo, na elevatória de Mendes de Morais.” Acusa ainda o presidente da Cedae, Wagner Victer, de se negar a implementar o Comitê Permanente de Prevenção de Acidentes.

Mortes antigas
Em contato com esta coluna, a Cedae estranha as acusações. Disse que as três mortes “recentes” citadas pelo sindicato aconteceram em dezembro de 1998 – há quase 11 anos, portanto.

Cinco estrelas
Tudo bem que multa visa a, além de, teoricamente, educar, desestimular a repetição da infração, mas um carioca que teve o carro rebocado no último fim de semana pela Companhia de Engenharia de Trânsito (CET-Rio), por estacionar na esquina das ruas Maria Quitéria com Barão de Jaguaripe, em Ipanema, na Zona Sul do Rio, fez uma conta curiosa. O gasto com o pagamento da taxa de R$ 100 para o proprietário reaver o veículo, somada à diária de R$ 40 por pernoite no depósito, superam, com folga, até os salgados preços cobrados no estacionamento VIP do Shopping Leblon.

Segurança
A nona edição da Interseg – Feira Internacional de Tecnologia, Serviços e Produtos para a Segurança Pública – o maior evento de negócios do setor na América do Sul, será realizada em Brasília, entre os próximos dias 25 e 27. Além de apresentar as novidades tecnológicas do setor, o evento debaterá temas, como gestão policial e ensino superior em segurança pública. Desde a sua primeira edição em 2001, a Interseg reuniu cerca de 31 mil visitantes, 637 expositores e 313 palestrantes de conferências.

Almoço grátis
Dá para entender porque o jornal O Globo se enganou na chamada de primeira página (e só corrigiu no pé da seção de cartas, dias depois) sobre a concessão de rádio para o filho de Renan Calheiros. Acostumada a receber concessões de rádio e TV sem precisar pagar um tostão por isso, a Organização Globo não se lembrara que desde FH o sistema (noves fora o filão de emissoras educativas) é feito por licitação, em que ganha quem paga mais.
Aliás, TVs e rádios têm realmente saudade dos tempos de 0800: querem multiplicar por quatro seus canais, com a introdução do sistema digital, sem pagar um tostão por isso.

Administradores
Os modernos escritórios de advocacia viraram empresas de serviços jurídicos e precisam de gestão profissional e multidisciplinar, explica o advogado Carlos Souza que, junto com a consultora Anna Luiza Boranga, coordena o curso “Gestão de Serviços Jurídicos”, realizado pela primeira vez no Rio de Janeiro pela FGV Direito. As inscrições irão até 30 de agosto. O curso terá inicio em 9 de setembro.

Sem mocinho
Na briga entre Record e Globo, ambas parecem ter razão.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVeto ambiental
Próximo artigoPorta a porta

Artigos Relacionados

SUS poderia ter salvado 338 mil norte-americanos

Assistência à saúde universal pouparia 1/3 das vidas na pandemia.

Ricaços da indústria foram poupados de perdas

Ações de empresas de tecnologia derreteram.

Indústria naval apresenta propostas para eleições 2022

Setor quer deixar para trás maré ruim dos últimos 7 anos

Últimas Notícias

BNDES: R$ 317,2 milhões nos aeroportos de Mato Grosso

Ao todo serão investidos R$ 500 milhões nos quatro aeroportos, com participação de 65% do BNDES

Fintechs emprestaram mais de R$ 12 bi em 2021

Crédito é quase o dobro do ano anterior, diz pesquisa da ABCD e PwC Brasil

Regulador divulga primeiro balanço sobre o 5G em Portugal

No final do primeiro trimestre, já havia 2.918 estações de rede 5G espalhadas por 198 cidades (64% das cidades)

Está mais fácil comprar carro na China

Vendas no varejo de veículos de passageiros atingiram 1,42 milhão de unidades durante o período de 1 a 26 de junho

Adquirir conhecimento é a chave para investir melhor

Para economista, medo é o mesmo sentimento que se tem do desconhecido