Quem tomará conta da nossa saúde

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) enviaram cartas para a Comissão de Ética Pública da Presidência da República e para o Senado Federal pedindo a substituição ou paralisação do trâmite da indicação de Davidson Tolentino de Almeida para o cargo de diretor na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

De acordo com Idec e Abrasco, Davidson Tolentino de Almeida exerceu a função de assessor do deputado Eduardo da Fonte, presidente do PP de Pernambuco. Segundo matéria do Jornal Nacional de 27 de abril, o indicado foi citado em uma investigação que apura um esquema de corrupção, arrecadação e estocagem de dinheiro ilícito.

Na semana passada, as entidades já haviam se pronunciado contrárias à indicação Rogério Scarabel Barbosa para a mesma agência. As entidades apontaram que o histórico profissional de Barbosa poderia estar em desacordo com as normas do Código de Conduta da Alta Administração Federal.

A ANS há muito tempo já está contaminada e capturada pelos interesses do mercado que ela deveria regular. Essa atuação da ANS pró planos de saúde só iria se acentuar, com a chegada de dois diretores com perfil de indicação política e não técnica, sendo um com conflito de interesses na atuação profissional anterior e outro apontado, conforme denúncias públicas, de participação em esquema de corrupção e propinas”, reforça Mário Scheffer, vice-presidente da Abrasco.

 

Críticos, mas seletivos

Durante encontro do Lide-RS (Grupo de Líderes Empresariais), na manhã desta sexta-feira, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, defendeu a convocação de um plebiscito para uma constituinte exclusiva prevendo uma profunda reforma do sistema político brasileiro.

Proposta similar foi feita pela então presidente Dilma Rousseff após os protestos de junho de 2013. Ela recebeu saraivada de críticas.

O conservador Afif não foi contestado pelos empresários.

 

Privatistas, ‘ma non troppo’

O Projeto de Lei 11/2018, que autoriza a privatização do Complexo Anhembi pela Câmara Municipal de São Paulo, aprovado na última quarta-feira, foi criticado pela União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe). A entidade manifestou “profunda decepção” e entende que tal decisão “traz inúmeros prejuízos ao setor de promoção comercial e eventos de São Paulo”.

 

Dá trabalho

Levantamento do Sebrae aponta que micro e pequenas empresas, nos últimos dez anos, criaram mais de 11 milhões de empregos, enquanto as grandes empresas tiveram saldo negativo de cerca de 1,3 milhão.

 

Mais que uma boa ideia

A Facha realizará o Encontro Empreendedor Universitário. Com o tema “Empreender é muito mais do que ter uma boa ideia”, o evento tem o objetivo de incentivar a criação de uma rede colaborativa e fomentar a cultura empreendedora no país.

A programação conta com dois especialistas que contribuíram para mudar o cenário carioca de startups nos últimos anos: Gustavo Motta, CEO e fundador da We Do Logos, e Guilherme Mynssen, CEO e fundador do Chefs Clubs.

O Encontro acontecerá no próximo dia 16, das 19h às 22h, no campus Botafogo. O evento é gratuito. Para mais informações e inscrições: https://www.eventuzz.com/eeu_facha#showInfo

 

Crise fabricada

A Petrobras concluiu nesta quinta-feira o resgate antecipado de títulos com vencimento em 2020, no valor de aproximadamente US$ 1,4 bilhão. A operação foi feita com os recursos em caixa da estatal. Para uma empresa que juram ter sido quebrada pelo PT, a saúde financeira vai bem, obrigado.

 

Rápidas

Instituições de ensino de todo o Brasil promovem eventos e atividades especiais em comemoração ao Dia Nacional da Matemática, 6 de maio, data de nascimento de Malba Tahan, pseudônimo literário do professor Julio Cesar de Mello e Souza. Mais em www.malbatahan.com.br/dia-da-matematica *** O programa de estágio da Amil está com inscrições abertas para São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Fortaleza, para estudantes de humanas, exatas, biológicas e técnicas. Inscrições no www.ciadeestagios.com.br/amil *** São Paulo receberá entre 21 e 25 de maio de 2018 o African Week, com atividades culturais, gastronomia, música, dança, palestras de economia e relações internacionais.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Castello Branco diz adeus à Petrobras

Assembleia de acionistas da estatal aprovou a destituição.

Alerj pede ao STF suspensão do pagamento de dívida na pandemia

Alerj estima que desde março de 2020, quando se iniciou a pandemia, o Estado do Rio já quitou R$ 1 bilhão em juros da dívida com a União.

Governo Bolsonaro tumultua e população vive drama para receber auxílio

Consórcio do Nordeste, formado por todos os governadores da região, defende que governo descentralize pagamento do benefício.

Indústria do cimento cresce 19% no 1º tri

Mau desempenho no primeiro trimestre de 2020, em razão das fortes chuvas e do início da pandemia, frente ao mesmo período de 2021, refletiram na alta do setor.

Metroviários de SP param por vacinas e lockdown

Greve de 24 horas pede medidas de prevenção contra Covid para trabalhadores do transporte público.