RCEP traz enormes dividendos em seis meses de vigor

A Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP) já está em vigor há seis meses, e tem trazido enormes benefícios para as empresas e os consumidores de importação e exportação, com os seus países membros expandindo de 10 para 13, informou China Securities Journal nesta quarta-feira.

Uma funcionária organiza durião em uma fábrica de processamento na província de Chanthaburi, Tailândia, 5 de maio de 2022. (Xinhua/Wang Teng)

Xinhua - Silk Road

Beijing, 8 jul (Xinhua) — A Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP) já está em vigor há seis meses, e tem trazido enormes benefícios para as empresas e os consumidores de importação e exportação, com os seus países membros expandindo de 10 para 13, informou China Securities Journal nesta quarta-feira.

De acordo com estatísticas da Alfândega de Beijing, no primeiro semestre de 2022, 770 milhões de yuans de mercadorias de importação e exportação em Beijing se beneficiaram da RCEP, enquanto 687 milhões de yuans de mercadorias das empresas exportadoras locais tiveram a redução tarifária de cerca de 6,87 milhões de yuans nos países importadores.

O Japão se tornou o maior destino de certificados de origem de Beijing relacionados à RCEP, onde 1.602 desses certificados foram emitidos, envolvendo um valor de mercadorias de 103,5127 milhões de dólares, observou Wang Wei, funcionário da Alfândega de Beijing.

“A implantação do RCEP é um grande benefício para a nossa empresa. Com os certificados de origem emitidos pela alfândega, a tarifa sobre as mercadorias exportadas para o Japão foi reduzida de 10% para 8,2%, o que equivale a um desconto de 20%. significando o aumento da receita da empresa e a melhoria da competitividade dos produtos”, disse Duan Tao, gerente geral da Chinatex International Apparel Co., Ltd., uma empresa atuadora no comércio com o Japão.

Como a maior plataforma institucionalmente aberta do mundo, a RCEP envolve cerca de 30% da população mundial, do valor agregado econômico e comercial, e possui um enorme potencial de mercado. Com a implementação do pacto comercial, as indústrias relacionadas estão abraçando novas oportunidades de desenvolvimento.

O Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun é um dos três principais centros de aviação da China com uma rede global de rotas aéreas, incluindo 23 rotas aéreas que conectam a China a outros países membros do RCEP. Impulsionados pelo RCEP, mais eletrodomésticos japoneses, frutas de países do Sudeste Asiático, cosméticos da República da Coreia e outros produtos estão entrando no mercado chinês.

No primeiro semestre deste ano, mais de 100.000 toneladas (toneladas) de mercadorias originados de outros países membros da RCEP entraram na China pelo aeroporto, registrando um aumento anual de 49,8%.

De acordo com as estatísticas da Alfândega de Guangzhou, no primeiro semestre deste ano, as empresas declararam à Alfândega uma importação de 2,91 bilhões de yuans de mercadorias sob a RCEP, desfrutando de uma redução tarifária de 58,984 milhões de yuans. Esses produtos são principalmente chapas laminadas a quente, peças de motor e frutas do Japão, Tailândia e outros países.

A implantação da RCEP não só trouxe benefícios fiscais para as empresas de comércio exterior, como também melhorou a eficiência do desembaraço aduaneiro.

Recentemente, sob a supervisão da Alfândega de Taicang afiliada à Alfândega de Nanjing, 2.002,6 toneladas de óleo de base lubrificante importado pela PetroChina International Northeast Co., Ltd. da República da Coréia foram desembaraçados com sucesso com declaração de origem RCEP. A empresa deverá desfrutar de uma redução fiscal preferencial de cerca de 135.500 yuans.

A implementação da RCEP permite que as empresas de comércio exterior inaugurem oportunidades políticas mais amplas, ajudando as empresas a aproveitarem ao máximo as políticas preferenciais do RCEP. Explorar ativamente o mercado internacional é crucial para manter o desenvolvimento estável e de longo prazo de uma economia aberta, disse Zhou Yusheng, um funcionário da Alfândega de Nanjing. Fim

Leia também;

Ferrovia China-Laos facilita exportação de grãos de café

 

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica reforma de classificação de risco no mercado

A China intensificou a reforma no setor de classificação de créditos, à medida que novas regras para melhorar os padrões e regulamentações do setor entraram em vigor em 6 de agosto, em meio ao esforço mais amplo do país para reduzir os riscos financeiros e liberar ainda mais o potencial de seu enorme mercado de títulos.

China aprimora serviços de transporte para atender viagens de verão

A China vem aprimorando os serviços de transporte ferroviário e aéreo na corrida de viagens de verão, a fim de garantir viagens seguras para os passageiros.

Exportações de NEV da China aumentam 37,6% no ano em julho

As exportações de veículos de nova energia (NEV, sigla em inglês) da China registraram um crescimento anual de 37,6%, chegando a 54.000 unidades em julho, segundo os dados da Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis (CAAM).

Últimas Notícias

Fiagros têm captação líquida satisfatória até junho

Esses fundos entraram em operação em agosto de 2021

Vendas financiadas de veículos leves e pesados crescem pouco

Em relação a julho de 2021, no entanto, queda é de 18,8%

Índices influenciaram o mercado nesta semana

Ibovespa encerrou nesta sexta-feira com alta de 2,33%

Petrobras informa sobre venda de direitos minerários de potássio

A Petrobras informa que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser), referente à venda de seus direitos minerários para pesquisa e lavra de...

China aposta no controle da inflação este ano

BPC: condições favoráveis para manter os preços geralmente estáveis