Realidade se impõe à vontade

Não se trata de pessimismo, nem de ser do contra. Os dados estão aí para quem quiser enxergar sem filtros ideológicos ou oportunismos políticos. A economia do Brasil está andando de lado, e a pequena recuperação esboçada no meio do ano mais se parece com um pequeno suspiro. O PIB no terceiro trimestre ficou estável, na avaliação do IBGE; a indústria coleciona avanços (que já eram tímidos) menores a cada mês; a venda de materiais de construção voltou a cair; o comércio patina, e a inadimplência dos consumidores voltou a aumentar, ainda que perto da estabilidade; o setor de serviços não se recupera.

Tudo indica que os efeitos da liberação do FGTS no primeiro semestre se esgotaram. A liberação de recursos do orçamento esbarra no radicalismo xiita da equipe econômica, que prefere se dedicar a vender o almoço (estatais, concessões) para pagar o lanche (não dá para o jantar). Sustentar que a economia entrou em “firme trajetória de alta” apenas para angariar apoio ao desmonte da Previdência e à concessão de benesses a multinacionais pode funcionar na mídia amiga, mas esbarra na realidade. Você pode ter um jabuti na coleira e chamá-lo de Rex, mas nunca conseguirá fazê-lo latir.

 

Mordida

Onze entidades ligadas ao Porto de Santos se mobilizam para barrar o aumento do ISS sobre atividades portuárias de 3% para 5%. A elevação foi proposta pelas prefeituras de Santos e Guarujá. Entre as entidades estão a Associação Comercial de Santos (ACS), a Associação Brasileira dos Terminais Portuários (ABTP) e a Fiesp.

 

Leão preguiçoso e oneroso

A implantação do eSocial não para de gerar custos para as empresas. Pesquisa realizada pela Sage aponta que 34% dos escritórios de contabilidade estão investindo na capacitação de seus profissionais por meio de cursos e treinamentos. O levantamento foi realizado com 686 organizações contábeis de todo o país. Segundo 21% dos entrevistados, os investimentos para se adequar às exigências do eSocial vão até R$ 10 mil.

O sistema é mais uma forma do Estado, especificamente a Receita, empurrar para o contribuinte trabalho que deveria ser realizado pelos servidores do órgão.

 

Especialistas

A Associação Brasileira de Consultores (ABCO), em parceria com a FGV, passa a certificar consultores. A certificação profissional é uma das principais exigências de mercado e pode fazer a diferença na hora da contratação. É encarada pelas empresas como uma espécie de selo de qualidade que atesta que o profissional está capacitado para resolver problemas complexos. O Exame de Certificação objetiva avaliar profissionais, atestando sua qualificação técnica no exercício profissional da atividade de consultor.

 

Do fogo para a frigideira

O mantra dos economistas de mercado é que não se baixa juros por decreto. Mas os dos cartões de crédito foram reduzidas numa canetada do Meirelles. Também, não foi difícil: as taxas que ultrapassavam os 500% caíram para módicos 300% ao ano. A Selic está em 7%. Menor anualmente do que os juros – mensais – do cartão.

 

O rabo e o cachorro

O mercado insinua que, com a Selic a 7%, o governo não precisa mais subsidiar a TJLP, que está no mesmo patamar. Como rabo não abana cachorro, frase da moda, é fácil perceber que o que diminuiu foi o subsídio pago aos rentistas que deixavam seu dinheiro se multiplicar sem nenhum risco, recebendo 12%, 14% ao ano.

 

Rápidas

Termina nesta terça o IV Seminário Internacional Água, Vida e Direitos Humanos à Luz dos Riscos Socioambientais, em Brasília-DF, realização do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) *** Especializada em soluções tecnológicas para gestão de projetos e documentos, a SML Brasil venceu, pela sexta vez, o WfMC Global Awards for Excellence in Business Process Management, premiação mundial que reconhece projetos que demonstram excelência na implementação de BPM (Business Process Management) *** Nestas terça e quarta, o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação (MTPA) realiza o 1° Seminário Socioambiental em Infraestrutura de Transportes – Via Viva (https://viaviva2017.com.br/) *** A FGV Eaesp, em parceria com o International Finance Corporation (IFC), realiza nesta terça-feira, a partir das 9h, palestra gratuita sobre desafios e oportunidades da inclusão financeira no Brasil *** A Fiesp divulga o Índice de Nível de Emprego de novembro *** E o Ipea divulga, também nesta terça-feira, o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda referente a novembro.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Castello Branco diz adeus à Petrobras

Assembleia de acionistas da estatal aprovou a destituição.

Alerj pede ao STF suspensão do pagamento de dívida na pandemia

Alerj estima que desde março de 2020, quando se iniciou a pandemia, o Estado do Rio já quitou R$ 1 bilhão em juros da dívida com a União.

Governo Bolsonaro tumultua e população vive drama para receber auxílio

Consórcio do Nordeste, formado por todos os governadores da região, defende que governo descentralize pagamento do benefício.

Indústria do cimento cresce 19% no 1º tri

Mau desempenho no primeiro trimestre de 2020, em razão das fortes chuvas e do início da pandemia, frente ao mesmo período de 2021, refletiram na alta do setor.

Metroviários de SP param por vacinas e lockdown

Greve de 24 horas pede medidas de prevenção contra Covid para trabalhadores do transporte público.