Receio com mutação da Covid no Reino Unido faz risco aumentar

547
Bolsa de Paris
Bolsa de Paris (foto de Claudia Meyer/Sxc.Hu)

Os mercados globais fecharam a semana majoritariamente em baixa, devolvendo parte dos ganhos da semana em meio a ruídos políticos. Na Europa não foi diferente, a limitação dos ganhos semanais se deveu à possível distância entre Londres e Bruxelas em relação ao acordo comercial pós-Brexit, embora as negociações estejam acontecendo. Além disso, as medidas de restrição social são consideradas severas em alguns países, como é o caso da Alemanha.

Londres teve queda de 0,33%. Frankfurt perdeu 0,27%. Paris recuou 0,39%. Milão teve desvalorização de 0,16%. Madri e Lisboa cederam 1,42% e 1,30%, respectivamente.

O petróleo, com as negociações dos contratos mais líquidos encerrando antes do fechamento do mercado americano e as notícias negativas em torno do pacote de estímulos, acabou encerrando em alta, à espera do pacote fiscal nos EUA.

O WTI para fevereiro teve elevação de 1,44%, a US$ 49,24. O Brent ganhou 1,48%, a US$ 52,26.

Espaço Publicitáriocnseg

Nos EUA, a expectativa em relação ao pacote de estímulos bipartidário acabou se arrefecendo, fazendo com que os investidores diminuíssem seu apetite pelo risco, gerando queda nos principais índices de Wall Street. O Dow Jones teve queda de 0,38%. O S&P 500 perdeu 0,34% e a Nasdaq teve leve retração de 0,07%

O mercado financeiro brasileiro foi impactado pelos ruídos externos, principalmente no que diz respeito às tensões referentes ao pacote de estímulos nos EUA. Internamente, a tensão política foi o destaque. Maia e o governo trocaram farpas, enquanto o ministro da saúde e o presidente afirmavam que a vacinação não seria obrigatória, o STF formou maioria para obrigatoriedade e Ricardo Lewandowski autorizou os estados a importarem vacinas que não tenham aprovação da Anvisa.

Mediante os ruídos internos e externos, o Ibovespa teve queda de 0,32%, cotado a 118.023 pontos, e o dólar teve leve alta de 0,08%, chegando a R$ 5,08.

As notícias no final de semana em torno de uma nova variante da Covid-19 no Reino Unido e o aumento das incertezas em torno do pacote fiscal nos EUA fizeram os mercados asiáticos fecharem sem direção única na madrugada de hoje.

Na China continental, o fato de o Banco Central do país, o PBoC, manter a taxa de juros inalterada, em 3,85%. O Xangai Composto teve avanço de 0,76% e o Shenzhen ganhou 1,87%. Taiwan ganhou 0,95% e Hong Kong recuou 0,72%. Tóquio caiu 0,18% e Seul teve elevação de 0,23%.

Os mercados globais abriram em queda, mediante ao risco de uma nova variante do coronavírus no Reino Unido. A mutação do vírus pode ser ainda mais contagiosa do que em sua primeira versão. Assim, tanto os mercados europeus quanto os futuros das Bolsas americanas operam em baixa.

O mercado brasileiro tende a ser fortemente influenciado pela aversão ao risco externo, os agentes buscarão sair dos ativos mais arriscados, dentre eles os mercados emergentes, tal movimento já pode ser evidenciado com a valorização do dólar frente às moedas emergentes.

No Reino Unido, embora o coronavírus esteja avançando e, além disso, esteja sofrendo mutações, se tornando ainda mais contagioso, a Pesquisa CBI de Varejo e Distribuição superou as expectativas dos agentes de -35 pontos e chegando a -3. Apesar do indicador ainda não ser positivo, a retração diminuiu, mostrando que o comércio de distribuição, apesar das dificuldades, teve melhora.

Para a Zona do Euro, a Comissão Europeia divulgará o indicador de confiança do consumidor. As expectativas do mercado são de leve melhora no indicador, saindo de -17,6 pontos para -16,8 pontos para dezembro. A leve melhora ocorre em virtude do início da vacinação.

No Brasil, como ocorre toda segunda-feira, será divulgado o Relatório Focus com as projeções do mercado em relação à economia brasileira. Quanto à arrecadação, segundo as expectativas da Broadcast (Estadão), a arrecadação federal do mês de novembro pode chegar a R$ 137,80 bilhões. As perspectivas dos agentes são de melhora devido aos dados de atividade econômica, gerando aumento da base da arrecadação para o governo.

.

Matheus Jaconeli

Nova Futura Investimentos

www.novafutura.com.br

Leia mais:

Covid-19, relações diplomáticas e Brexit

Brexit com acordo é cada vez mais difícil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui