Receita do Cade

     
          As multinacionais que vivem de vender ar não estão tendo vida fácil com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que pediu ajuda ao Conselho Federal de Medicina (CFM) e outras instituições para dar publicidade ao processo que resultou em multa bilionária por formação de cartel a empresas do setor de gases industriais e medicinais. O Cade avisa que os prejudicados – no caso, hospitais, clínicas e outros – podem ingressar em juízo para obter indenização pelos danos sofridos. A Lei 8.884/94 autoriza os prejudicados por uma infração à ordem econômica a buscarem indenizações.

Opção
A opção do ditador Hosni Mubarak de lançar forças paramilitares contra manifestantes que ocupam as ruas do Egito pedindo sua renúncia deve dificultar uma “saída controlada” do fim da ditadura egípcia. Caso Mubarak persista no caminho da repressão, a tendência será a radicalização do movimento, aumentando o isolamento dos Estados Unidos na região, se, também, o presidente Barack Obama continuar a manter um comportamento dúbio em relação ao ditador que não quer largar o osso.

Prévias
Em matéria publicada neste MM dia 4 de dezembro passado (“Paródia eleitoral”), Anwar Kalil, da Africa News Agency e da Latino-Americana, já iluminava o caminho que seguiria a população do Egito após as eleições fraudadas por Mubarak.
Ainda no mesmo mês, no dia 9, o articulista Osvaldo Nobre mostrava (em “De quem será a riqueza do pré-sal”) o que poderá ser o desdobramento dos fatos que explodiram semana passada no Oriente Médio: ante o cerco geopolítico à Arábia Saudita (“lembrar que o Iêmen é xiita e faz fronteira com a Arábia Saudita e registrando que, breve, a Somália será o novo Iraque”), cabe perguntar: de onde a nação mais poderosa do mundo (os EUA, ainda) continuará a “comprar” ou a “obter” o petróleo?

Região Serrana que abra o olho
Nove meses após a tragédia que matou 169 pessoas em Niterói (RJ) em decorrência das chuvas em abril de 2010, a Prefeitura da cidade não apenas não garantiu uma só casa para os desabrigados, como, agora, recorreu à Justiça para tentar expulsar 156 pessoas vítimas das chuvas que estão abrigadas no antigo quartel do Exército no Barreto. A denúncia é do Sindsprev-RJ.

Ampliação
O Shopping Rio Design Barra, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, passa por mudanças em sua estrutura. Para ampliar seu cinema e oferecer conforto aos seus clientes, serão instalados mais de mil metros quadrados do sistema de cobertura metálica Roll-on.

Luz
A proibição das lâmpadas incandescentes em 2016 não é tão pacífica quanto se supõe. Especialistas questionam o teórico consumo menor de energia e a longa duração das principais candidatas a substitutas, as fluorescentes compactas. Estas duram mais em locais nos quais permanecem ligadas durante muito tempo; em salas em que há um constante acende/apaga, a vida útil prometida, de 8 mil horas, cai pela metade, ou menos. O mesmo ocorre com o consumo de energia, maior justamente no momento de acender a fluorescente.

Lucro
A campanha pelo banimento das incandescentes começou na Holanda, capitaneada por uma ONG que – coincidência – recebeu polpudas doações de uma multinacional fabricante de lâmpadas interessada, talvez menos em ver a redução do consumo de energia, e mais em registar em seu caixa a venda das fluorescentes compactas, que custam bem mais e dão lucro bem maior.

Mais lucro
Um resultado, pelo menos, o banimento das incandescentes no Brasil, até 2016, já trouxe: este tipo de lâmpada dobrou de preço, o que ajuda a matemática para mostrar a “vantagem” do consumidor ao trocar para a fluorescente.

Negócio do ano
Vários bancos estão procurando a direção da Cedae interessados na possível abertura de capital da estatal fluminense. A oferta pública inicial (OPI) é tratada como a maior deste ano. Ou, mais provável, início do próximo.
     
     

Artigo anteriorParaquedista
Próximo artigoNome aos bois
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Argentina fechará com China parceria do Cinturão e Rota

Iniciativa pode ser pontapé inicial para desenvolvimento e integração da América Latina.

G20 analisa aumentar taxação de corporações, mas…

Proposta tem que ser vantajosa para todos, não só para as sedes das multinacionais.

Botes salva-vidas para a classe A

No mundo de negócios, é tudo uma questão de preço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preços ao consumidor de março avançaram mais que esperado

Veículos novos registraram o segundo mês consecutivo sem variação, enquanto os usados apresentaram variação positiva.

Castello Branco diz adeus à Petrobras

Assembleia de acionistas da estatal aprovou a destituição.

Alerj pede ao STF suspensão do pagamento de dívida na pandemia

Alerj estima que desde março de 2020, quando se iniciou a pandemia, o Estado do Rio já quitou R$ 1 bilhão em juros da dívida com a União.

Governo Bolsonaro tumultua e população vive drama para receber auxílio

Consórcio do Nordeste, formado por todos os governadores da região, defende que governo descentralize pagamento do benefício.

Indústria do cimento cresce 19% no 1º tri

Mau desempenho no primeiro trimestre de 2020, em razão das fortes chuvas e do início da pandemia, frente ao mesmo período de 2021, refletiram na alta do setor.