23.8 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Receita externa

“O neoliberalismo é uma política para os países em desenvolvimento. Nunca foi uma política para os países desenvolvidos, muito menos para os EUA”, afirmou a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao comentar a intervenção nas gigantes de hipotecas Fannie Mae e Freddie Mac.

Roer osso
Para o presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), Benedicto Moreira, a luta do Brasil contra os subsídios agrícolas de Estados Unidos e Europa faz o Brasil concentrar suas energias em aspectos periféricos do comércio internacional. Moreira argumenta que, hoje, ninguém mais faz política tarifária para proteger a economia: “Os produtos agrícolas representam 9% do comércio exterior mundial e o Brasil já participa com 4%. As commodities em geral são 15% desse comércio, e o Brasil detém 6% do mercado. Já os bens industrializados são 40% do fluxo mundial e a participação do Brasil é pífia e continuamos brigando contra o protecionismo agrícola”.

Filé mignon
Na opinião do presidente da AEB, o foco do Brasil deve ser outro. Ele observa que as exportações mundiais do setor de serviços totalizam US$ 4 trilhões: “O Brasil participa apenas com 0,4% desse total. Nunca tivemos uma política de serviços, que hoje é um setor estratégico também para alavancar as vendas de produtos. Agrega valor e abre portas”, salienta.

Crédito
Os lojistas cariocas vão ganhar o Cartão Rio Mais. Desenvolvido pela Validata, empresa que criou e desenvolveu o Cartão 25 de Março, implantado em uma maiores regiões comerciais de São Paulo, o produto será comercializado pela própria loja. A meta do Clube de Diretores Lojistas (CDL-Rio) é credenciar 2 mil estabelecimentos comerciais e cerca de 500 mil consumidores no primeiro ano.

Alô, Meirelles!
Em julho, de acordo com os últimos dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a indústria utilizou 83,5% de sua capacidade instalada, ou seja, um aumento de 0,2 ponto percentual em relação ao resultado do mês anterior, na série com ajuste sazonal. Dados do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi) desmentem que esse aquecimento traga riscos: “Embora tenha atingido o maior patamar dessa série, esse nível de utilização da capacidade instalada não impõe restrições à produção geral da indústria brasileira, o que significa dizer que há uma margem relativamente segura para que a oferta nacional atenda a demanda por produtos industriais, e segue daí que não há uma ameaça à vista de inflação de demanda”, diz estudo do Iedi.

Verde
Os pontos polêmicos do licenciamento ambiental no Rio de Janeiro serão debatidos pelo procurador Rodrigo Tostes de Alencar Mascarenhas, a convite da Câmara Brasil Alemanha, em café da manhã nesta terça, no Clube Americano.

Ajuda
Em audiência pública da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara de Vereadores do Rio, o controlador geral do município, Lino Martins da Silva, e a secretária municipal de Fazenda, Fátima Rosane Machado Barros, admitiram que a prefeitura vem utilizando o ganho líquido do Fundeb (Fundo de Manutenção de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) para completar os 25% de recursos destinados à Educação – mesmo assim, de acordo com o Tribunal de Contas do Município, os repasses atingiram apenas 24,68%, afirmou a vereadora Andrea Gouvêa Vieira, membro da comissão. Relatório do TCM, de 2007, mostra que, nos dez anos de existência do fundo, a prefeitura deixou de aplicar R$ 5 bilhões de recursos próprios.

Alternativa
Sem o mesmo acesso às primeiras páginas dos candidatos dos partidos, digamos, mais encorpados, o candidato Prefeitura do Rio pela Frente Rio Socialista, deputado federal Chico Alencar  (PSOL/PSTU), resolveu recorrer à imprensa alternativa. Nesta terça, às 17h30m, Chico concede entrevista à imprensa “popular, alternativa, comunitária, sindical e nanica”, além de blogs, na Rua do Ouvidor 50, 5° andar.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Artigo anteriorTransgênicos
Próximo artigoEstado terminal
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.