Receita: mais 80 delegados entregam os cargos

Mais 80 delegados da Receita Federal do Estado de São Paulo entregarão os cargos nesta quarta-feira, de acordo com o Sindifisco estadual. Já são mais de 1.300 cargos de chefia entregues desde o início da paralisação, iniciada em dezembro.

As informações são do portal Congresso em Foco. Segundo a publicação, “apesar de os delegados deixarem os postos, existe outro ‘cabo de guerra’ por trás das exonerações, já que o governo resiste em publicá-las no Diário Oficial.”

Desde ontem, analistas tributários da Receita Federal encontram-se em regime permanente de Assembleia Geral Nacional Unificada (AGNU). Além desta iniciativa, os analistas também aprovaram os indicativos que preveem a realização de Operações-Padrão nas atividades de fiscalização e controle aduaneiro nos portos, aeroportos e pontos de fronteira (aprovado por 87% dos votos), bem como nas atividades relacionadas às áreas de tributos internos e processos (aprovado por 89% dos votos). Durante a AGNU, os analistas tributários também deliberaram pela suspensão da participação dos servidores do cargo em treinamentos, viagens e no incremento de metas (aprovado por 85% dos votos).

As operações-padrão não serão aplicadas no controle de bagagens. Além disso, a medida também não será adotada nas atividades de fiscalização e controle aduaneiro relacionadas a medicamentos e insumos médicos e hospitalares, cargas vivas e perecíveis.

Outro indicativo aprovado pela categoria durante a AGNU trata da entrega ostensiva de todos os cargos em comissão, funções de chefia e encargos em todos os níveis hierárquicos na Receita Federal (aprovado por 83% dos votos). Os analistas-tributários que aderirem a esta medida devem entrar em contato com os representantes locais de suas respectivas Delegacia Sindicais (DS), que fornecerão instruções sobre os procedimentos a serem adotados para o pedido de exoneração ou de dispensa. Por sua vez, os representantes locais encaminharão à DEN a relação de analistas-tributários demissionários para fins de tabulação nacional e acompanhamento.

 

Com informações do Congresso em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

PL regulariza impostos devidos por MEIs e MPEs

Especialista em Direito Empresarial explica que medida atende necessidade urgente de microempreendedores.

Monitor do PIB indica alta de 1,8% em novembro de 2021

Segundo a FGV, o consumo das famílias no trimestre móvel cresce a taxas decrescentes desde junho, ante mesmo período do ano anterior.

Falta de doses suspende calendário de vacinação infantil

Nesta semana continua repescagem para crianças de 11 anos; estado suspende visitas a pacientes para evitar contágio por Ômicron.

Últimas Notícias

Caixa registra recorde em crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal realizou mais de R$ 140 bilhões contratados ao longo de 2021, maior valor da história do banco, com crescimento de...

Vendas do Grupo Patrimar crescem 193,7 no 4T21

O Grupo Patrimar - construtora e incorporadora mineira que atua na baixa, média e alta renda em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro e...

Vacina errada em mais de 57 mil crianças e adolescentes

Em meio à campanha de vacinação contra a Covid-19, 57,14 mil crianças e adolescentes em todo o país foram imunizados com doses para adultos...

Pandemia aumenta acesso da população a serviços bancários

Os bancos digitais aumentaram o acesso da população brasileira a produtos financeiros, com destaque para a parcela de baixa renda. Atualmente 19% dos brasileiros...

Moby fecha 2021 com crescimento de 26%

Apesar da pandemia, da crise econômica e da redução na fabricação de veículos, a Moby corretora de seguros conseguiu fechar o ano de 2021...