Recuperação de estradas federais terá crédito de R$ 418 milhões

Recursos serão aplicados nas rodovias mais atingidas pelas chuvas em 14 estados.

O Governo Federal abriu crédito extraordinário no valor de R$ 418 milhões para o Ministério da Infraestrutura (MInfra) recuperar estradas federais danificadas pelas fortes chuvas em quatro regiões do país. Conforme a Medida Provisória 1.097/2022, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, os recursos serão direcionados ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

A MP destinou R$ 133 milhões para obras de conservação e recuperação de ativos de infraestrutura da União afetados na Região Norte, R$ 36 milhões para o Centro-Oeste, R$ 191 milhões para o Sudeste e R$ 58 milhões ao Nordeste do país. Os recursos são considerados insuficientes, especialmente para a Bahia, governada por Rui Costa, do Partido dos Trabalhadores (PT)

Equipes do Dnit realizam trabalho de campo para identificar danos na malha rodoviária e definir prioridades nas obras de restauração. A verba terá aplicação imediata em locais onde o nível da água começou a baixar e as obras podem começar. O diagnóstico apontou os estados a serem beneficiados: Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Nestes estados, será priorizada a restauração de rodovias federais afetadas pela ocorrência de enxurradas em áreas com maior declividade, inundações dos rios urbanos parcialmente canalizados, alagamentos em áreas rebaixadas com drenagem insuficiente e deslizamentos de terra pontuais.

Distribuição

Acre: R$ 30 milhões
Amazonas: R$ 18 milhões
Bahia: R$ 30 milhões
Espírito Santo: R$ 45 milhões
Goiás: R$ 9 milhões
Maranhão: R$ 25 milhões
Mato Grosso: R$ 27 milhões
Minas Gerais: R$ 120 milhões
Pará: R$ 35 milhões
Piauí: R$ 3 milhões
Rio de Janeiro: R$ 20 milhões
Roraima: R$ 26 milhões
São Paulo: R$ 6 milhões
Tocantins: R$ 24 milhões

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

XP amplia crescimento do PIB para este ano

Elevou a projeção de 0,8% para 1,6%

Carga tributária brasileira já corresponde a 35% do PIB

Mais de R$ 1 tri de impostos arrecadados só neste ano

Processo nos EUA mostra que navegação anônima do Google não é anônima

Google acionado também por práticas enganosas de rastreamento que invadem a privacidade dos usuários.

Últimas Notícias

Leega lança solução de inteligência de dados marketing das empresas

Marketing Analytics combina arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning.

Qyon Tecnologia planeja crescer 65% em 2022

Marca deve fechar ano com cerca de 100 franquias.

XP amplia crescimento do PIB para este ano

Elevou a projeção de 0,8% para 1,6%

Perfil de risco visto pelas corretoras

Uso do Questionário de Perfil de Investidor, chamado de suitability, que tem como função identificar seu apetite de risco

Diretor do Grupo Nubank cumpre novo mandato na Anbima

Permanecerá na vaga de conselheiro titular reservada à Anbima no Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional