Reforma da Previdência deixa país ainda mais desigual

Em palestra no Senado que viralizou nas redes, o economista Eduardo Moreira desmonta o projeto de reforma da Previdência. Entre os argumentos, a coluna pinçou quatro:

Em quase 4 mil municípios, o pagamento de benefícios do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ultrapassou os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Assim, mais de 70% das cidades brasileiras teriam sérios problemas para continuarem viáveis se as aposentadorias e pensões forem reduzidas. (curiosidade: a região mais afetada não seria o Nordeste, mas o bolsonarista Sul, em que quase 80% dos municípios se enquadram nesta condição)

A desigualdade ficará ainda mais escandalosa se a reforma for aprovada. O Brasil ultrapassou até mesmo os países dos xeiques árabes em concentração de renda. Se uma pessoa nasce aqui no extrato mais pobre da população, seus herdeiros levarão nove gerações para sair da pobreza.

Para aqueles que gostam de fazer comparação com o Chile, Eduardo Moreira trouxe dados da Bolívia. O país de Evo Morales reestatizou a Previdência. O resultado? Cresceu mais que o Chile e liderou a alta no PIB na América.

O ministro Paulo Guedes não abre mão de R$ 1 trilhão em dez anos para implantar o sistema de capitalização, em que o setor financeiro assumirá o comando do dinheiro. Pois será o segundo trilhão, pois na próxima década os aposentados pagarão aos bancos R$ 1 trilhão em dívidas do crédito consignado.

 

Arrocho no ganho dos outros

O TCU determinou, na sessão da semana passada, que os órgãos do Executivo, Judiciário e Legislativo adequem os contratos de serviços terceirizados às alterações ocorridas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O Tribunal de Contas quer arrochar os trabalhadores, cortando pagamentos em dobro pelo trabalho realizado em feriados e o adicional noturno, “a não ser que haja previsão em acordo, convenção coletiva ou em contrato individual de trabalho”.

Um técnico no TCU ganha a partir de R$ 10 mil; um auditor, de R$ 20 mil para cima; procuradores não ganham abaixo de R$ 50 mil; o ministro que recebe menos levou R$ 41 mil em março (acima do teto constitucional). Mas há servidores (e não são poucos) que recebem mais de R$ 80 mil por mês.

 

Ideologia

Quanto vai custar para o Brasil (e aqui me refiro ao custo de manutenção, e não às perdas no comércio com os árabes, ou aos custos políticos) manter um escritório em Israel apenas para satisfazer a caprichos ideológicos?

 

Dinheiro no caixa

O grupo de educação Kroton apresenta como se fosse uma grande ação o aumento em 32% no investimento com a Outdoor Social, empresa que promove campanhas de propaganda em comunidades, remunerando moradores por ceder espaço para instalação de painéis outdoor em seus imóveis.

Com os anúncios, o Kroton viu o número de inscritos no vestibular da Anhanguera saltou 64% em Campinas na comparação com o mesmo mês do ano anterior; em Guarulhos, a alta foi de 49%; e em Osasco, 44%.

 

Liquidação

Guedes comparou estatais a filhos drogados. Esses não são os que vendem tudo que não lhes pertence, de dentro de casa? Liquidando patrimônio de décadas constituído pelos pais? Entregando pro traficante a preço de banana? Em troca de se prejudicar e viciar? E a dívida só aumenta?

 

Rápidas

Começa nesta terça e vai até sexta a 12ª LAAD Defence & Security, no Riocentro, Rio de Janeiro *** O diretor do Instituto Carlos Chagas e chefe da Divisão de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Ricardo Cavalcanti Ribeiro, fala sobre gluteoplastia durante o 15ª Jornada de Búzios de Cirurgia Plástica, entre 3 e 6 de abril *** O Shopping Grande Rio recebe neste sábado, das 14h às 18h, a Feira de Adoção de Animais *** Nesta terça, os associados do Lide Futuro conhecerão mais sobre a experiência de gerir restaurantes, com Marcelo Torres, fundador do Grupo Best Fork Experience, a partir das 19h, no Giuseppe Grill (Leblon, RJ) *** A Catho tem novo diretor de Estratégia e Business Intelligence: Rafael Stille *** O Ibracon – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil ferá curso “Contabilidade Avançada”, em 5 de abril, na 3ª Seção Regional, no Rio de Janeiro. Inscrições em ibracon.com.br *** Nesta quarta-feira, a ESPM Rio lançará no Brasil o livro Gestão Contemporânea do Varejo: Uma Introdução à Teoria do Comércio, de autoria de Thomas Rudolph (Universidade de St. Gallen, na Suíça) e Daniel Kamlot (ESPM Rio). Será na sede no Centro, a partir de 17h30.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Capitalismo na origem da pandemia

Agronegócio e destruição do habitat estão nas raízes de 70% das novas doenças infecciosas.

Bitcoin leva 2 pancadas de uma vez

Pagamento de resgate a hackers e declaração de Musk mostram ‘lado negro da força’.

Taxação sobre heranças reflete desigualdade

Apenas 0,5% da receita vem de impostos sobre bens deixados ou doados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Prisão de Pazuello na CPI é improvável, afirma jurista

Liminar concedida por Lewandowski será submetida à apreciação da Corte.

Turismo caiu 17,6% em março

No primeiro mês pandêmico no Brasil, março de 2020, setor viu receitas caírem 22,3%; ante mesmo mês de 2019, retração é de mais de um terço.

Custo de produção de suínos passa dos R$ 7 por quilo vivo

Em abril, os custos para produzir suínos aumentaram 2,33% ante março, fazendo indicador do setor medir a variação nos custos de produção.

Europa opera em comportamento negativo nesta manhã

A Bolsa de Frankfurt cedia 0,80% e Londres operava em queda de 0,66%.

EUA: serviços públicos puxam recuperação da indústria

Nível de produção segue abaixo do período anterior à pandemia.