Regulador chinês suspende empréstimo de valores mobiliários

17
Foto tirada em 9 de abril de 2020 mostra a zona Lujiazui em Shanghai, no leste da China. (Xinhua/Chen Fei)
Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Beijing, 7 fev (Xinhua) — O regulador do mercado acionário chinês suspendeu o empréstimo de valores mobiliários e reforçou a supervisão sobre este tipo de negócio.

Conforme o saldo dos valores mobiliários emprestados atingiu o seu limite máximo, os novos negócios conduzidos pelas empresas corretoras serão suspensos de acordo com a lei, disse a Comissão Reguladora de Valores da China nesta terça-feira.

Os valores mobiliários já emprestados serão liquidados gradualmente, observou a comissão.

O órgão também exigirá que as empresas corretoras de valores mobiliários fortaleçam a gestão das atividades de negociação de seus clientes, continuando a intensificar os esforços de regulação e aplicação da lei, e exigirá que reprimam práticas ilegais, como a arbitragem indevida que utiliza os valores mobiliários emprestados, disse.

Espaço Publicitáriocnseg

Desde a implementação das medidas de supervisão relevantes, o saldo das transações de empréstimo de valores caiu 24%, para um total de 63,7 bilhões de yuans (US$ 8,96 bilhões) em valor, representando 0,1% do valor das ações em circulação no mercado acionário da parte continental da China, acrescentou a comissão. Fim

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui