Relativo

O ano apresenta um bom teste para medir até onde vai a independência do Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano). Embora a ortodoxia dos manuais seguidos pelo Fed aponte para nova alta dos juros talvez ainda no primeiro trimestre, o projeto de reeleição de Bush, em novembro, deve mostrar a Greenspan como, na pátria do liberalismo, a teoria na prática é outra.

Hein?
Para quem ainda não entendeu a discrepância entre as previsões oficiais e a vida como ela é, a Gerência Executiva de Relacionamento com Investidores do Banco Central produziu a seguinte síntese: “A partir deste mês, os erros de projeção passam a expressar o desvio médio mensal das expectativas frente ao resultado efetivo de cada indicador, e não mais o erro acumulado. Esta normatização facilita a comparação da magnitude dos desvios de curto e médio prazo.”

Ímã
Um índice novo, o iHdB, que compara a atratividade de países para investimentos internacionais é o que apresenta o livro Crise e Prosperidade Comercial, Financeira e Política, de Marcelo Henriques de Brito Probatus. Também é proposto um modelo que mostra como o setor financeiro interage com o setor produtivo, considerando o impacto de políticas governamentais. O livro será lançado amanhã na Associação Comercial do Rio (ACRJ).

Finanças
Trabalhos destinados ao 4º Encontro Brasileiro de Finanças, que será realizado em julho na sede do Coppead/UFRJ, poderão ser inscritos até 30 de abril. As áreas serão: Investimentos e Finanças Internacionais; Finanças Corporativas; Derivativos e Risco; e Econometria e Métodos Numéricos em Finanças. O trabalho deverá ser enviado para [email protected], com especificação da área de concentração, em formato Adobe Acrobat ou Word, aos cuidados de Antonio Sanvicente.

Sensibilidade
A brincadeira de mau gosto de Lula com o governador do Piauí, Wellington Dias (PT) – “Governador Wellington, você veio aqui por que? Está com medo de morrer afogado?” – a propósito das enchentes que desalojaram e mataram dezenas piauienses, teve um componente mórbido a mais ignorado pela maioria dos brasileiros. Na semana anterior, duas jovens sobrinhas do governador tinham morrido afogadas no Delta do Parnaíba. Wellington, como se sabe, limitou-se a sorrir amarelo.

Semântica nordestina
Por falar em Lula e Piauí, a visita de Lula ao estado ainda rende forte polêmica. Depois de afirmar, em discurso na Câmara dos Deputados, que o presidente teria vindo ao estado “para andar de helicóptero e fazer farras em hotéis galantes em companhia de prostitutas de luxo”, o deputado federal Afonso Gil Castelo Branco (PDT-PI) corre o risco de perder o mandato. Os deputados federais Paulo Rubens Santiago (PT-PE), Fernando Ferro (PT-PE), Colbert Martins (PPS-BA) e Nazareno Fonteles (PT) solicitaram a instauração de procedimento disciplinar baseado no Código de Ética e Decoro Parlamentar contra o pedetista, alegando que as denúncias de Afonso Gil são sem “quaisquer fundamentos, indícios ou provas”.
Além de insistir em que a visita de Lula ao Piauí não melhorou “em nada” a vida das vítimas das enchentes, Afonso Gil alegou que, ao falar em prostitutas, não se referia à mulher, mas “a pessoas prostituídas que estavam com o presidente”.

Artigo anteriorSem-contracheque
Próximo artigoGêmeos
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Na pandemia, BNDES vendeu ações que agora valem o dobro

Em nove meses, banco perdeu R$ 8 bi só em 1 operação.

Desigualdade, Big Tech e EUA são maiores ameaças à democracia

7 em 10 chineses avaliam que seu país vai bem na questão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Queda de faturamento atinge 82% dos MEI

Em Minas, 60% dos microempreendedores individuais formalizados na pandemia abriram o negócio por oportunidade.

Inflação oficial fica em 0,31% em abril

Grupo com alta relevante no mês foi alimentação e bebidas (0,40%), devido ao comportamento de alguns itens.

Manhã de hoje é negativa em quase todo o mundo

Em Nova Iorque, Dow Jones e S&P futuros cediam 0,10% e 1,04%, respectivamente.

Projeção da Selic é de 5% no final deste ano

Para o ano que vem, analista projeta 6,5%, dado o alerta do Copom sobre o ritmo de normalização após reunião de junho.

Dia começando ruim nos mercados globais

Ontem, os mercados abertos na parte da tarde desaceleraram, com o Dow Jones fechando em queda de 0,10%.