Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) com as previsões do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para a semana de 2 a 8 de julho, traz a estimativa de que os reservatórios do país cheguem ao fim do mês com níveis de 96,8%, no Norte; 86,6% no Sul e 80,9% no Nordeste. Já os empreendimentos localizados na região Sudeste/Centro-Oeste têm previsão de 62,1% de volume de água, no final de julho, após encerrar o mês de junho com o melhor índice dos últimos 10 anos. No ano passado, neste mesmo período, os reservatórios desta região estavam com 29,09% de água.

Os resultados atuais são reflexos do bom período chuvoso e da atenta operação realizada durante o período de crise de escassez hídrica pelo Operador, em parceria com outros gestores do setor elétrico.

O boletim ainda aponta que as afluências devem ficar abaixo da média em quase todos os subsistemas. Diante desse cenário, a previsão é de que a Energia Natural Afluente (ENA) fique em 87% da Média de Longo Termo (MLT) na região Norte. Na região Sul, a previsão é de 88% da MLT, na região Nordeste de 74% da MLT, e, no Sudeste/Centro-Oeste as afluências poderão chegar a 69% da MLT.

Pelas previsões do boletim, a carga no Sistema Interligado Nacional (SIN) deverá ter 1,3% de crescimento, na comparação com o mesmo período de 2021, chegando a 66.287 MW médios. Em relação aos quatro subsistemas, o Norte se destaca e deve ter expansão de 4% com 6.174 MW médios, seguido pelo Sudeste/Centro-Oeste com 2,2% e 37.882 MW médios e pelo Sul, com acréscimo de 1,1% e 11.660 MW médios. Já no Nordeste, único sistema com redução de carga em relação a julho de 2021, espera-se um declínio de 3,3% e 10.571 MW médios. Os índices podem ser associados a uma confiança mais expressiva nos setores da Indústria, do Comércio e da Construção, refletindo no comportamento da carga nos últimos meses.

Para a próxima semana, o Custo Marginal de Operação (CMO) será de R$ 55,86 /MWh permanecendo equiparados em todo o Brasil. Os subsistemas apresentam um aumento de 23,17%, em comparação aos R$ 45,35/MWh indicados no período anterior.

O monitoramento do SIN também registrou que a demanda por energia em maio teve uma desaceleração de 0,7%, se considerado o mesmo período do ano passado. A carga chegou a 67.154 MW médios. Embora constatado um aumento da confiança nos setores de comércio e serviços, a ocorrência de temperaturas mais elevadas do que as esperadas em maio de 2021 foi o principal fator que influenciou o recuo da carga na comparação sem a característica típica do outono/inverno. Já no total acumulado, dos últimos 12 meses, se verificou um aumento de 1,7%, em relação ao mesmo período de 2021. Em relação ao último mês de abril foi constatada uma redução de 4,9%.

O subsistema Nordeste foi o único com índice positivo, com incremento de 0,1% ou 10.916 MW médios. O Norte foi o que apresentou menor redução de carga com 0,3% e 6.009 MW médios; seguido do Sudeste/Centro-Oeste com recuo de 0,7% e 38.842 MW médios e do Sul com desaceleração de 1,4% e 11.387 MW médios.

Leia também:

Aumento de 63,7% no valor das bandeiras tarifárias de energia elétrica

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Desemprego cai em 22 das 27 unidades da federação

Tocantins teve maior recuo no segundo trimestre do ano.

TCU encontra brechas na segurança de informação federal

Equipamentos pessoais constituem risco de entrada para ataques.

Vendas do setor de cerâmica caem 14%

No primeiro semestre de 2022, o volume de vendas de revestimentos cerâmicos no mercado interno caiu 14% na comparação com igual período de 2021,...

Últimas Notícias

Dívida do Rio cairá para menos da metade se corrigida pelo IPCA

Alerj vai ao STF para recompor perdas com ICMS dos combustíveis e energia.

Cinco gigantes estatais chinesas abandonam Bolsa de Nova York

Anúncio ocorre em meio a tensão entre China e EUA; ações seguirão negociadas em Hong Kong e Xangai.

Desemprego cai em 22 das 27 unidades da federação

Tocantins teve maior recuo no segundo trimestre do ano.

TCU encontra brechas na segurança de informação federal

Equipamentos pessoais constituem risco de entrada para ataques.

Brasilux entra no mundo do metaverso

Empresa cria evento com a apresentadora Renata Fan em auditório virtual.