Reunião sobre impedimento de Witzel no Tribunal Misto será amanhã

Tribunal misto é formado por cinco desembargadores do TJ-RJ e cinco deputados estaduais.

Rio de Janeiro / 14:16 - 30 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decidiu marcar para amanhã, às 14h, a primeira reunião do Tribunal Especial Misto formado para decidir sobre o impedimento do governador Wilson Witzel (PSC). O tribunal misto é formado por cinco desembargadores do TJ-RJ e cinco deputados estaduais.

A primeira reunião servirá para definir o roteiro a ser seguido no julgamento e sobre o relator que ficará responsável pelo processo. O Tribunal Especial Misto terá 120 dias para decidir sobre o futuro de Witzel.

Witzel será julgado pelo crime de responsabilidade, por decisão unânime (69 votos favoráveis dos 69 deputados presentes) da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Compõem o Tribunal Especial Misto os desembargadores Teresa de Andrade Castro Neves, José Carlos Maldonado de Carvalho, Maria da Glória Bandeira de Mello, Fernando Foch de Lemos Arogony da Silva e Inês da Trindade Chaves de Melo.

Também integram o grupo os parlamentares Alexandre Freitas (Novo), Chico Machado (PSD), Waldeck Carneiro (PT), Dani Monteiro (PSOL) e Carlos Macedo (Republicanos).

Cada integrante terá direito a um voto. Para cassar Witzel, são necessários os votos de sete participantes do tribunal.

 

Agência Brasil

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor